Atualizando em 13/08/2019 por Yuri Correa
Redação do Portal WebArCondicionadoar-condicionado-mito-ou-verdade

Você já cruzou por aí com algum boato sobre ar-condicionado e não sabe se é mito ou verdade? Acontece que existem muitas mentiras sobre o uso desses aparelhos e seus efeitos rolando pela internet, por isso o WebArCondicionado resolveu desmentir algumas delas.

Por causa dessas fofocas, muita gente deixa de aproveitar tudo o que o ar-condicionado pode fazer, ou mesmo deixa de ter um em casa ou no trabalho, abrindo mão de seus benefícios. Ninguém quer perder a oportunidade de conforto e tranquilidade por causa de boatos, não é? Então vamos separar aqui o joio do trigo e desvendar esses mistérios do mundo da climatização!

Mitos e verdades sobre o ar-condicionado

Antes de começar, vamos dar uma dica ainda melhor: nós do WebArCondicionado damos atenção especial a alguns desses mitos e já escrevemos matérias completas sobre certos assuntos. Acesse os links indicados para saber ainda mais sobre cada um dos nossos tópicos!

1 – Ar-condicionado pode causar gripe e alergias?

Mito. O ar-condicionado não causa gripe, pneumonia ou alergias – embora a exposição às baixas temperaturas possa diminuir a imunidade do corpo. O que pode acontecer é um ressecamento das mucosas expostas, como a garganta, porque o ar-condicionado diminui a umidade do ar. Nesses casos, o recomendado é manter a temperatura no aparelho regulada a 24ºC.

Outra possibilidade: o ar-condicionado precisa funcionar em espaços fechados. Se o espaço é pequeno e alguém dentro dele estiver gripado, a transmissão do vírus será mais fácil do que em outros ambientes. Mas de qualquer forma, a culpa não é do aparelho.

ar-condicionado-mito-ou-verdade2 – Ar-condicionado faz algum mal à saúde?

Mito. A princípio, o ar-condicionado até ajuda na saúde das pessoas, pois o aparelho filtra o ar, deixando-o mais limpo – não fosse o caso, os hospitais não usariam. Porém, é preciso que seja feita uma limpeza periódica no filtro do equipamento para que não se instalem fungos e outras sujeiras.

Essas sujeiras e o mau cuidado com o equipamento é que podem causar problemas. Excesso de poeira, por exemplo, pode fazer com que o ar-condicionado disperse partículas de sujeira no ar, agravando casos de Rinite e similares. Outra vez, a culpa não é do ar-condicionado.

Veja alguns sinais de que seu ar-condicionado precisa passar por uma manutenção

3 – Dá para mudar a unidade de temperatura (Celsius x Fahrenheit)?

Verdade. E isso acontece muito por acidente. Às vezes você só quer achar uma configuração no controle remoto e acaba mudando a unidade sem querer – há muitas funções no ar-condicionado moderno.

Isso também pode acontecer se o controle for reiniciado na troca de pilhas. Mas há quem simplesmente queira configurar seu aparelho com uma unidade diferente – por que não? Para isso, existe a função no controle de mudar a unidade de temperatura de Celsius para Fahrenheit ou vice e versa.

4 – A temperatura interfere no consumo de energia?

Verdade. Manter o ar-condicionado na temperatura mínima ou na máxima consome mais energia, pois o motor tem mais trabalho. Isso acontece porque a temperatura do local precisa ser compensada, e quanto mais diferente essa for da temperatura configurada no aparelho, mais esforço ele vai fazer.

Os modelos Inverter conseguem uma performance de consumo de energia mais econômica, mais nos modelos comuns, a condensadora normalmente para de funcionar quando o ar-condicionado atinge a temperatura configurada pelo usuário, e liga de novo quando o termostato do aparelho capta uma temperatura muito diferente. Esse liga e desliga causa os surtos de consumo de energia que aumentam significativamente a conta de luz. A solução é manter o ambiente em temperaturas agradáveis, mas não muito extremas, como entre 22ºC e 24ºC.

Leia mais:  Mitos e verdades sobre o consumo de energia do ar-condicionado

5 – Ar-condicionado faz muito ruído?

Mito, dependendo do modelo. Se for do tipo Janela (já menos encontrados no mercado), o ruído vai ser um pouco maior, até pelo tipo de motor. Os Janela já são conhecidos por produzirem ruídos altos – mas hoje, com a sua sobrevida no mercado, existem até modelos Janela Inverter, bem mais silenciosos.

Para citar alguns exemplos, os ruídos externos, como o do trânsito, costumam ser muito mais altos do que o aparelho de ar condicionado Split. Inclusive, os modelos Inverter foram pensados também para serem ainda mais silenciosos do que o normal. Portanto, um ar-condicionado mais moderno não produz nenhum ruído a ponto de incomodar ou impedir o sono.

6 – Aparelhos Inverter consomem muita energia?

Mito. A tecnologia Inverter foi pensada justamente para economizar energia – eles consomem até 40% menos de luz. Diferente dos aparelhos comuns, os modelos Inverter não desligam a condensadora quando atingem a temperatura configurada pelo usuário, apenas dosam a sua intensidade para estabilizar a climatização do ambiente.

Inclusive, hoje já existe o ar-condicionado 8 polos, uma variação do Inverter desenvolvida para economizar ainda mais energia.

7 – Só um profissional pode instalar o ar-condicionado?

Verdade. Muita gente não sabe, mas o ar-condicionado é um equipamento muito complexo. Suas ligações elétricas, a carga de gás, as válvulas e demais pormenores da instalação exigem conhecimento técnico e treinamento. Não é por acaso que a área da educação no setor de climatização tem crescido mais e mais todos os anos no Brasil.

Não confie em qualquer um e pague um preço justo pelo trabalho, mesmo que seja um pouco alto, pois sem a perícia necessária, uma instalação mal feita pode cobrar alto depois de um tempo.

banner-entreprodutos-procurando-por-instalacao-verde-v2

8 – Dá para instalar ar-condicionado em carros antigos?

Verdade. Embora não seja aconselhado, é perfeitamente possível levar o seu veículo em uma mecânica automotiva e encomendar a instalação de um aparelho de ar condicionado. Mas cuidado, há diversos fatores que devem ser levados em conta – leia nossa matéria linkada para saber mais.

ar-condicionado-mito-ou-verdade

O ideal é que o carro venha com o acessório de fábrica, porque o veículo sem ar-condicionado não foi projetado para lidar com o maquinário ou com o consumo de energia de um aparelho desses.

Mas se você tem um modelo mais antigo, se comprou o carro de segunda mão ou mesmo se optou por comprá-lo de fábrica sem o ar-condicionado, então pode recorrer a instalação posterior – mas normalmente o preço da instalação não sai muito diferente do adicional na compra.

Leia mais: Seis mitos e verdades sobre ar-condicionado automotivo

9 – Ar-condicionado só se usa no verão?

Mito. Os aparelhos com o chamado ciclo reverso (quente/frio) podem ser usados tanto no frio como no calor. Basta saber configurar seu ar-condicionado, o que pode ser feito seguindo alguns passos bem simples.

Além disso, nem precisa estar muito quente ou muito frio, pois o equipamento oferece outros benefícios, como a troca do ar, a filtragem, umidificação ou até a desumidificação, se estiver trabalhando num modo comum.

Para maiores informações, leia os links relacionados ou deixe um comentário aqui!