Atualizado em 09/12/2020

Ar-condicionado sujo pode prejudicar a saúde?

*VERDADE.

Aparelho de ar-condicionado automotivo com poeira acumulada em seus filtros podem acarretar problemas respiratórios! Por isso, a troca dos filtros de cabine é uma ação obrigatória, a cada 10 mil km rodados, o que evita acúmulo de ácaros, fungos e bactérias.

Recomenda-se também a higienização total do aparelho anualmente, feita por um profissional especializado.

 

Para eliminar o mau cheiro, é necessária ajuda especializada.

*MITO.

Estão disponíveis, no mercado, sprays para higienizar o filtro de cabine e remover o mau cheiro.

Caso a aplicação não resolva, é a hora de contatar uma empresa ou profissional especializado.

 

Falta de uso por muitos meses prejudica o funcionamento do ar-condicionado?

*VERDADE

O sistema precisa ser usado. Se não, alguns itens do aparelho podem ficar ressecados.

Sendo assim, não é aconselhável que o aparelho fique desligado por longos períodos durante o ano.

 

O painel do carro deve ser desmontado para realizar a higienização completa do aparelho.

*MITO.

A maioria dos profissionais utilizam, além da troca de filtros, a higienização com gás ozônio, técnica eficiente para eliminar fungos e bactérias.

 

Não há o que fazer para prolongar a vida útil do ar-condicionado do meu automóvel.

*MITO.

A regra serve para qualquer tipo de ar-condicionado, pois existem cuidados que contribuem para o bom funcionamento do sistema. Ligá-lo uma vez por semana é importante para o não ressecamento das peças e cuidar para que a higienização seja feita periodicamente.