fabio-fernandes-cartola

Por Fábio Fernandes,
Colunista do WebArCondicionado
circuito-refrigerante-ar-condicionado

 

O funcionamento do aparelho de ar condicionado baseia-se nos princípios da termodinâmica, decorrentes do aumento/redução da pressão do gás, permitindo assim transportar o calor do interior para o exterior – isso, claro, na função de refrigeração. 

Nos aparelhos com bomba de calor, conhecidos como Quente/Frio ou com Ciclo Reverso, o ciclo funcionará no sentido contrário graças à válvula de quatro vias, ou seja, o calor é transportado do exterior para o espaço interior a ser climatizado.

Vale destacar que atualmente esses condicionadores de ar com bomba de calor são os mais eficientes em aquecimento, mesmo em relação aos aquecedores. 

Por exemplo, um aquecedor de 02 kw irá produzir em calor essa mesma potência, as bombas de calor aerotérmicas (ar-condicionado de ciclo reverso) utilizam energia proveniente de fontes renováveis sendo capazes de produzir por exemplo 05 kw de calor, consumindo 01 kw na rede eléctrica e 04 kw são transferidos do meio ambiente para o interior da divisão, designado por SCOP. Quanto maior o fator de desempenho sazonal SCOP, mais eficiente é o aparelho. As potências acima mencionadas são meros exemplos. 

 O ar-condicionado, há não muito tempo atrás, era considerado um aparelho de luxo. Eram poucas as casas que possuíam os aparelhos de climatização. Atualmente, porém, essa tecnologia é considerada uma necessidade para o conforto térmico humano, tanto em casa, como nos veículos e também no local de trabalho.

A climatização no escritório proporciona uma maior eficiência aos trabalhadores. O grande problema é que muitas pessoas pensam que o aparelho prejudica a saúde por causa do gás refrigerante que se encontra no interior do circuito do mesmo.

Gás Refrigerante e Circuito Interno

O gás refrigerante dos aparelhos de ar condicionado não causa qualquer tipo de mal ao ser humano, visto que se encontra no interior do permutador de calor. Mesmo se a tubagem tiver uma fuga, não irá afetar as pessoas, mas sim a camada de ozônio.

Esse circuito interno tem como principal objetivo efetuar a troca de calor. Havendo a alta e a baixa pressão, a circulação desse mesmo gás é feito graças ao compressor, o coração da máquina que se encontra na unidade externa.

O refrigerante de baixa pressão flui para o evaporador, onde absorve o calor da divisão através da evaporação. Em seguida o gás transforma-se em alta pressão, que é transferida para a condensadora graças ao compressor.

Caso a instalação seja feita de modo que exista vazamento e o técnico detectá-la, mas sem corrigi-la, o profissional pode ser punido por lei. 

Na verdade, o ar-condicionado, se estiver com a sua manutenção preventiva em dia, não fará mal a ninguém, pelo contrário, o mesmo proporciona um ar mais limpo e purificado.

fabio-fernandes-webarcondicionado* Lembramos que esse texto é de autoria do nosso colunista do dia. Respeitamos qualquer tipo de opinião, pensamento ou consideração sobre o assunto abordado. 

Quer ser nosso colunista e ganhar visibilidade no maior portal de climatização do Brasil? Entre em contato com o WebArCondicionado.