Alguns técnicos especializados em ar-condicionado já se depararam com um problema estranho: o aparelho apresenta sintomas de vazamento de gás, mas ao fazer o teste de estanqueidade, descobrem que o compressor ainda está cheio de fluido refrigerante. Ou seja, parece com um vazamento, mas não é.

E agora, o que pode ser?

Quais os sinais de vazamento?

Normalmente, a primeira coisa que se nota sobre o vazamento de gás é que o Split para de funcionar. Ou fica operando apenas na ventilação, sem esquentar ou esfriar, ou ele para mesmo e exibe até código de erro referente ao vazamento.

Para um técnico, que precisa observar o problema mais de perto, um dos principais sinais de vazamento de gás é o congelamento das válvulas ou de alguma das juntas das tubulações, especialmente nos modelos de ciclo reverso, quente/frio, que possuem uma aparelhagem mais complexa nesse sentido.

Dependendo da gravidade da situação, há vazamento de água e o famoso pinga pinga, só que na unidade interna, dentro de casa ou do escritório. Isso ocorre justamente por causa do congelamento e descongelamento constantes dentro do aparelho.

 

Mas se não é vazamento, o que é?

Acontece que, às vezes, mesmo verificando que não há vazamento, os sinais persistem. Uma das soluções mais comuns desse mistério é a válvula reversora. Item que só existe nos modelos de ciclo reverso (quente/frio), trata-se de uma peça muito delicada, e qualquer má instalação ou batida pode causar obstrução ou algum outro tipo de defeito.

Outro problema pode ser um amassado nas tubulações de alta e baixa pressão, mais comum nos modelos apenas frio. Porém, não é impossível que aconteça de o compressor ser usado. E se isso for o caso, é sempre preciso verificar o óleo e a procedência do mesmo. Se houve queima de um compressor anterior, por exemplo, os tubos podem estar entupidos de fuligem, e então é necessário fazer a limpeza e a troca do óleo.

Podem surgir outros problemas? Claro, mas estes são os mais comumente identificáveis nesses casos que tanto se parecem com vazamentos de gás, mas que são coisas diferentes. Ficou alguma dúvida? Lembre que estamos falando de procedimentos e verificações profissionais, se você for um consumidor, chame um técnico para fazer esses testes!

Redação do Portal WebArCondicionado