Atualizado por Yuri Correa em 27/01/2020
Redação do WebArCondicionado
ar-condicionado-chiller-o-que-e
Você já ouviu falar no chiller? Sabe o que é e como funciona esse tipo de aparelho?

Pois bem, os chillers são máquinas que funcionam basicamente como resfriadores de água, e a água gelada produzida por elas é utilizada com o objetivo de resfriar o ar que passa ali dentro.

É assim que essas máquinas acabaram sendo empregadas em sistemas de ar condicionado. Porém, não apenas o ar, mas produtos e equipamentos também podem ser resfriados com chillers.

Antigamente, esses equipamentos eram conhecidos no Brasil como Unidade de Água Gelada, mas recentemente passaram por uma mudança em sua nomenclatura e hoje já são famosos pelo nome em inglês mesmo, chiller – que quer dizer literalmente “resfriador”.

Capazes de fazer a refrigeração de grandes quantidade de ar em poucos minutos, esses sistemas são indicados para eventos, para complexos de indústrias alimentícias e farmacêuticas, projetos do governo, hospitais, logística, aeroportos, estações de metrô, pistas de patinação no gelo, equipamentos de telecomunicações e refrigeração de larga escala em geral.

Como funciona um Chiller?

Partindo para uma abordagem teórica, o chiller é uma máquina planejada para funcionar na parte externa de prédios e instalações, à qual podem ser interligadas diversas unidades interiores, dando a elas a capacidade de resfriar da água. Aqui a água funciona como o fluído refrigerante que transporta o calor ou frio para dentro ou para fora de cada uma dessas unidades internas. Dentre os sistemas que mais utilizam o chiller, estão os sistemas VRV.

Para quem busca uma explicação mais técnica:

O funcionamento parte através do compressor, quando a pressão no seu lado superior e a sucção no inferior fazem com que o líquido refrigerante flua do receptor para a válvula de expansão. Esta válvula introduz o refrigerante no evaporador (como gás) onde esse troca calor com a água que passa pela serpentina.

O refrigerante sai do evaporador e entra no compressor como um gás frio em baixa pressão e sai como um gás aquecido em alta pressão, passando, em seguida, pelo condensador.

Lá ele é resfriado pela água até se condensar, retornando ao receptor como líquido. No fim do processo, a água de condensação é bombeada para a torre de resfriamento.

Características e Vantagens dos Resfriadores

Os chillers, como um ar-condicionado industrial, têm a potência medida em toneladas de refrigeração (TR), diferente dos habituais BTUs utilizados para medir a potência dos condicionadores de ar comerciais.

Os mais usuais variam de 5 a 5.000 TR e são capazes de trabalhar com uma grande variação de temperatura, podendo até ser negativa quando utilizados aditivos.

Para que fique claro, cada TR equivale à 12.000 BTUs.

Os equipamentos são muito flexíveis quanto à instalação, mas são de grande porte e necessitam de transporte especializado. Sua estrutura é feita de chapa de aço quimicamente tratada, pintura eletrostática com pó epóxi e peças internas de chapa de aço galvanizada.

Uma das grandes vantagens dos chillers é que, apesar de funcionar com eletricidade, o seu consumo é extremamente baixo, gerando um ótimo custo-benefício.

Além disso, os aparelhos são eficientes e possuem grande durabilidade.

Marcas e preços de Chillers

Carrier, Trane, Hitachi, Komeco,York e a Daikin constituem as principais marcas que oferecem diversos modelos de chiller atualmente. Os produtos contam com alta tecnologia, proporcionando desempenho e segurança do ponto de vista econômico e ecológico.

Os preços estão frequentemente entre R$ 3.000 e R$ 400.000, fora a instalação e transporte que são custos adicionais, de acordo com os modelos disponíveis no mercado.

E aí, acha que o chiller é o sistema de ar-condicionado que você precisa? Deixe suas dúvidas nos comentários!