* Atualizado em 29/03/2019

Em muitos lugares no Brasil as pessoas ainda têm apenas a rede elétrica de 110v em casa, e como já quase não existem mais aparelhos de ar condicionado nessa voltagem, surge a dúvida: posso ou não posso usar um transformador no aparelho condicionador de ar? Sem contar que às vezes acontece de a pessoa fazer a compra e acabar com o seguinte problema:

“Adquiri um ar-condicionado com a voltagem de 220v, mas minha residência comporta só 110v. E agora, posso ou não usar um transformador no meu aparelho?”. Hoje em dia é cada vez mais difícil encontrar ar-condicionado de 110v, principalmente os modelos Split, que são os mais procurados no mercado. E isso acontece mesmo o Brasil possuindo redes com as duas voltagens. Quer saber o porquê?

Economize de verdade utilizando o comparador de preços exclusivo em ar-condicionado

Diferentes opiniões: usar ou não o transformador

A principal razão é, como já esperamos, econômica: fabricar somente uma voltagem é mais barato. Desse modo, para quem adquire um aparelho de 220v, mas sua casa só comporta 110v, torna-se necessário pedir uma rede 220v para a sua concessionária de energia ou então instalar um transformador para poder utilizar o aparelho.

No entanto, a pergunta que intitula o texto tem sido muito repercutida entre os consumidores e já recebemos inúmeros comentários levantando esse questionamento. Além disso, a eterna discussão divide opiniões até mesmo entre quem entende do assunto.

Tudo porque, apesar de o uso do transformador ser o único meio para adaptar a utilização do ar-condicionado nesses casos (quando não se pede a rede 220v), alguns profissionais defendem que isso não é uma boa prática. Eles alertam que o transformador oferece riscos como prejudicar o aparelho, diminuir sua vida útil e até mesmo estragar o ar-condicionado. Isso porque o transformador tem uma vida útil bem menor que um condicionador de ar, podendo assim comprometer o funcionamento eletrônico do aparelho.

https://www.webarcondicionado.com.br/cupons/?utm_campaign=2019&utm_medium=postblog&utm_source=webarcondicionado

Outros fatores: por que o transformador é ruim?

É válido lembrar que a alimentação elétrica tem variáveis importantes e que não se limitam à voltagem, precisando considerar também a watagem, frequência em hertz e principalmente a amperagem. “Como consultores, não podemos desconsiderar estas variáveis. Há condicionadores de ar fabricados para funcionar em 127 volts, porém, antes de indicarmos a instalação precisamos nos assegurar que as demais variáveis também sejam atendidas, para a segurança dos usuários. Por causa disso, é necessária a intervenção de um eletricista”, aconselha Salvador Fraga, consultor de sistemas de climatização.

O que dizem os eletricistas?

O uso de transformador, segundo o eletricista Gilson Carlos Pessanha, é indicado somente em últimos casos. “Caso o morador não disponha de rede bifásica ou trifásica, o transformador será a sua última opção. Porém, o consumo de energia será maior”, explica.

Desse modo, se você estiver passando por essa situação, aconselhamos que você consulte um eletricista ao adquirir o ar-condicionado, antes mesmo de pôr em uso, a fim de garantir a voltagem correta e verificar as condições e riscos da instalação do transformador.

banner-entreprodutos-procurando-por-instalacao

Leia também:
Alteração de rede monofásica para bifásica nas instalações de split 220v

Conclusão: afinal, usar ou não o transformador?

Resumindo, o melhor é não usar. Transformador é vendido em especificações diferentes do ar-condicionado, o que faz com que muita gente leve em conta apenas a voltagem e acabe adquirindo um transformador sem potência o suficiente para o aparelho. Isso causa quedas de tensão e pode sobreaquecer e queimar componentes do equipamento de climatização. Como o transformador tem uma vida útil bem menor, seu desgaste pode afetar o ar-condicionado da mesma forma. Além disso tudo, o consumo de energia será bem maior.

Riscos do transformador no ar-condicionado

– Consumo excessivo de energia;
– Descarga elétrica e superaquecimento (as variações de tensão exigem muito do transformador, e o comportamento do mesmo se torna imprevisível);
– Curto-circuito e risco de incêndio;
– Danos ao aparelho.

Solução ideal para ligar ar-condicionado 220v em rede 110v

Parece óbvio, mas é isso aí: peça uma rede 220v para a sua concessionária de energia elétrica. Às vezes custa caro e dá trabalho, sem contar a burocracia ou acessibilidade de certos pontos d Brasil, mas é ainda mais barato e menos trabalhoso do que lidar com as consequências de algum dos riscos do transformador.

E aí, respondemos a questão? Se ficou alguma dúvida, manda aqui nos comentários!

Redação do Portal WebArCondicionado