Redação WebArCondicionado
Atualizado em 05/02/2021

 

 

Então você precisa de um transformador para ligar o seu ar-condicionado. Provavelmente você possui uma rede elétrica de 110v (ou 127v) e não pode ou não quer pedir à concessionária de energia elétrica uma rede de 220v. Tudo bem, já explicamos os riscos de colocar um transformador para fazer o Split funcionar nessas condições, e já deixamos bem claro que essa não é a solução aconselhada pelos profissionais de instalação, ok?

Ainda assim, você vai colocar um transformador? Tudo bem, vamos lá, você precisa pelo menos calcular a potência correta do mesmo.

Calcular potência não é tudo

Antes de saber a potência de que você precisa, consulte também outras variáveis como a amperagem, a wattagem e a frequência em hertz. A voltagem é apenas uma parte do processo. O que acontece é que o próprio transformador também consome energia, e o consumidor costuma comprar um transformador para a voltagem precisa do seu aparelho, quando na verdade o correto seria ter um com capacidade um pouco acima do necessário.

Por quê?

Porque essa voltagem menor do que o necessário submete o transformador à sobrecarga. Assim ele pode superaquecer, entrar em curto e causar todo tipo de acidente, inclusive pode queimar seu aparelho.

Potências recomendadas de transformador

Segundo a Unitel, fabricante de transformadores, o ideal para potências de 7.500 BTU é um transformador de 1.500 VA.

2.000 VA para condicionadores de ar de 9.000 BTU, já para os aparelhos de ar condicionado de 12.000 BTU o ideal é o transformador de 3.000 VA. A fabricante de transformadores ainda indica que sejam utilizados transformadores de 4.000 VA quando o ar-condicionado é de 15.000 BTU. Vale ressaltar que a potencia elétrica do aparelho a ser ligado não poderá exceder 70% da potencia do transformador. Essas indicações da fabricante de transformadores já está levando em considerações esse item.

Claro que essas medidas não são universais, e é preciso escolher o transformador comparando também as variáveis de que falamos antes. A amperagem, a wattagem e a frequência de hertz devem constar nas informações básicas do seu aparelho, e todo transformador deve possuir uma ficha com suas especificações técnicas na superfície do próprio modelo.

Sempre reiterando que o uso de transformadores não é o recomendado pelos profissionais da climatização, ao menos agora, se você realmente não tem outra saída, estão aqui disponíveis as informações que você precisa checar antes de colocar um desses para funcionar junto ao seu ar-condicionado.