[ x ] Fechar

Saiba os fatores que estabelecem o conforto térmico humano

  • 17 de dezembro de 2014
  • Nenhum Comentário

Você já parou para pensar quais os parâmetros que criam uma temperatura confortável para o seu corpo? Apesar de os sistemas de climatização garantirem bem-estar para os usuários, engana-se quem pensa que são apenas os equipamentos que influenciam no conforto térmico humano. A questão é que pouco se fala sobre como essa sensação se dá no organismo, assim como os fatores envolvidos nesse processo. Pensando nisso, buscamos apresentar essas variáveis.

Qual temperatura é considerada confortável para o corpo humano?
O conforto térmico humano é obtido através de trocas térmicas que dependem de diversos fatores orientados por processos físicos como convecção, radiação, evaporação e condução. Considerando que a temperatura média do corpo humano varia entre 36,1°C e 37,2°C, o conforto térmico para pessoas vestidas encontra-se na marca de 23°C a 27°C. Essa temperatura é alcançada e influenciada principalmente por fatores pessoais e ambientais:

Fatores pessoais
Se formos considerar o ponto de vista pessoal, define-se conforto térmico como sendo uma condição mental que expressa satisfação com o ambiente térmico. Desse modo, o conforto irá depender da produção de calor metabólico, que leva em consideração o ambiente externo e também itens como dieta, tamanho corporal, idade e nível de atividade destes.

Em termos de sensações corporais, o conforto térmico relaciona-se com as sensações de muito quente, quente, morno, neutro, fresco, frio e muito frio. O conforto também depende de ações comportamentais que são iniciadas inconsciente ou conscientemente e guiadas pelas sensações térmicas e de umidade para reduzir o desconforto. Algumas das possíveis ações para reduzir o desconforto são: alteração da vestimenta, alternação de atividades, mudanças de posturas ou localização, mudanças nos parâmetros operacionais de dispositivos de controle ambientais, aberturas e fechamento de passagens de ar, reclamação ou abandono do local.

Fatores ambientais
Do ponto de vista físico, o ambiente é confortável quando as condições permitem a manutenção da temperatura interna sem a necessidade de serem acionados mecanismos termorreguladores, ou seja, é necessário que o organismo humano se encontre em balanço térmico com o meio ambiente.

Fatores ambientais como velocidade do vento, temperatura do ar, umidade relativa e temperatura média radiante influenciam diretamente na sensação corporal, além, é claro, do tipo de roupa que o usuário estiver vestindo.

Portanto, o efeito desses fatores é que irá definir o grau de conforto ou desconforto térmico sentido pelas pessoas. Considerando que vários são os elementos que influenciam nesse processo, como listados acima, a sensação do corpo irá depender totalmente de critérios pessoais e também das próprias características do ambiente externo.

Leia Também: A relação entre conforto térmico e o tipo de equipamento na instalação

Redação do Portal WebArCondicionado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *