[ x ] Fechar

110v x 220v: Qual a voltagem mais econômica?

  • 19 de maio de 2015
  • 35 Comentários

Após abordarmos o uso de transformadores no ar-condicionado aqui, discutindo o fato de muitas residências que comportam 110v utilizarem aparelhos de 220v, agora iremos tratar das diferenças dessas duas voltagens economicamente. Será mesmo que há diferenças de consumo entre elas?

Esclarecendo termos
Antes de mais nada, é importante lembrar que a palavra voltagem – correspondente a uma das grandezas elétricas mais famosas – não existe no dicionário, assim como o termo amperagem. Sim, é isso mesmo, a palavra voltagem é uma expressão coloquial muito utilizada inclusive por quem entende do assunto, mas não existe no meio acadêmico da eletricidade, sendo falada comumente pois a unidade que representa a tensão elétrica é o Volt da qual se derivou a palavra.

A grandeza elétrica que erroneamente é chamada de voltagem nada mais é do que a tensão elétrica.

Veja as melhores ofertas de ar-condicionado 110v

Desmitificando ideias
O Brasil é o único lugar do mundo a possuir oficialmente duas tensões na rede elétrica, o que causa muitos transtornos, dúvidas e confusões a nós, usuários da eletricidade. Com isso, a pergunta sobre qual tensão é a mais adequada acaba ganhando forças em meio às duas possibilidades e à quantidade de informações sobre tensões.

Podemos encontrar uma gama de fontes que afirmam que 220v é mais econômico, mas tudo isso não passa de mito: teoricamente, tanto faz se o computador ou notebook está ligado a 110V ou 220V, pois eles vão necessitar da mesma potência para trabalhar. Para entender melhor como isso funciona, iremos nos basear na seguinte fórmula: P = U x i, considerando o P a potência consumida pelo aparelho, o U a tensão utilizada e o i a corrente elétrica.

Desse modo, vamos imaginar que a Tensão (U) é a largura de um cano d´água e a corrente (i) é a velocidade em que a água passa por este cano. A quantidade de água colocada em um balde é a potência consumida. Sendo assim, se formos duplicar a largura desse cano (aumentar a tensão de 110V para 220V), iremos precisar apenas da metade da velocidade de água passando por ele (reduzir a corrente de 50A para 25A), já que ambos conseguirão encher o mesmo tanto de água no balde (potência consumida em Watts). Assim:

– 110v x 50A = 5500 Watts
– 220v x 25A = 5500 Watts

Resumindo, a ideia de que 220v é mais econômico não passa de ilusão, visto que a economia será a mesma em ambos os casos acima, pois a voltagem não interfere no consumo de energia e a conta de luz é cobrada em Watts (W), e não em amperes (A) ou tensão (U).

O que pode fazer a diferença
Na prática a história é um pouco diferente. Como a corrente é bem mais elevada na rede elétrica de 110V, são necessários fios mais grossos, elevando o custo da construção ou manutenção. Sendo assim, um ar-condicionado 220v pode consumir um pouco menos de energia pois trabalha com fiação mais fina devido a menor corrente que utiliza. Podemos então economizar na fiação, mas a diferença é tão pequena que não dá para dizer que um aparelho 220v consome menos.

Calcule o consumo mensal do seu aparelho aqui.

Mas por que há duas voltagens?
Você já deve ter se perguntado por que existem duas opções de voltagem para as instalações elétricas, 110V e 220V, ao invés de um padrão único, ainda mais se já queimou algum aparelho por causa disso. Acontece que as diferentes voltagens tiveram origem no começo da implantação da eletricidade no Brasil no começo do século 20.

No início da eletrificação no país não existiam empresas nacionais, o que levou o Brasil a sofrer influência de empresas dos EUA e da Europa. Daí a possibilidade de duas voltagens, já que as norte-americanas usam apenas 110v e as europeias 220v. Além disso, na época que se definiu o padrão, estudos mostraram que o custo para se converter as instalações diferentes para uma só era absurdamente inviável, fazendo com que as duas possibilidades permanecessem e rendessem aparelhos tanto 110v quanto 220v até hoje.

Redação do Portal WebArCondicionado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

35 Ideias sobre "110v x 220v: Qual a voltagem mais econômica?"

  • MEUS AMIGOS BOM DIA, TENHO UMA DÚVIDA A MINHA LOJA É 110V, PRECISO INSTALAR 02 AR CONDICIONADOS 220V de 12 BTU CADA, ENTRE MANTER A LOJA 110V E USAR TRANSFORMADOR OU MUDAR A LOJA PARA 220V PARA RECEBER O AR, NO FINAL DO MÊS A CONTA DE LUZ SAIRÁ O MESMO VALOR?

    GRATO PELO APOIO.

    • Olá Marcos,

      não, pois o transformador consome um pouco de energia também, mas não é muita diferença. Porém, não aconselhamos o uso de transformador em ar-condicionado. O ideal é solicita a alteração da rede para bifásica para a concessionária de energia.

      Obrigado pelo contato.

  • No meu apto a rede é bifásica . Recebi um condensador para o ar condicionado que trifásico . Como devo proceder para conectá-lo a rede elétrica do apto ?

    • Olá Gerson,

      você precisa entrar em contato com a concessionária de energia da sua cidade e solicitar a alteração para trifásico, eles irão avaliar e ver se é possível.

      Obrigado pelo contato.

  • Boa tarde amigos,vcs não levaram em conta a porcentagem que as distribuidoras cobram em relação a estas diferenças entre 110 e 220 volts.Sim é cobrado uma taxa extra para cada uma delas,mesmo não sendo utilizada.a de 110 é de 25% e a de 220 30% independente do consumo.

  • Vejo varias pessoas afirmarem que 220 volts não economiza, vamos lá. a conta de luz e contabilizada em k/wh. Mas esquecem de dizer que esse consumo esta relacionado a amperagem que o aparelho consome no ato do seu funcionamento. um chuveiro de 5500 wats ligado a 110 volts, consome 50A (cabo 10mm) que acelera o medidor de energia.
    5500wats em 220volts consome 25A (cabo 4mm) lembrando que a velocidade do medidor cai pela metade. Então quanto maior a corrente maior consumo.
    O seu medidor de energia roda de acordo a corrente que e consumida.
    Obs: nos eletricista usamos os dados do fabricante (wats – cv – hp ) para fazer cálculos e dimensionar cabos e disjuntores para o circuito.

  • O que vale mesmo é ter dinheiro para comprar um ar com selo A imetro, ter dinheiro para pagar a conta de energia , 110 ou 220 , tanto faz , tenha uso racional , e aproveite a benção de poder ter um.

  • Lendo os comentários sobre qual tensão é mais econômica, vi muitos cálculos e exemplos (corretos) tanto por parte de quem acredita na economia, tanto por quem rejeita a tese. Não li em nenhum deles a diferença de valores das tarifas cobradas pelas concessionárias do setor elétrico para o KW/h de cada tensão. Na minha região a relação a ligação bifásica (onde posso ligar equipamentos em 220v) é cerca de 15% mais barata do que a ligação monofásica (127v).
    Considerem isto em seus cálculos.

  • Pergunto: O termo correto para denominar o equipamento não é condicionador de ar? “Ar condicionado” como já indica a expressão, se refere à condição do ar após ser processado aparelho.
    Se não, estaria correto chamar o moedor de carne de carne moída, ou circulador de ar de ar circulado.

    • Olá Francisco,

      tanto “condicionador de ar” como “ar-condicionado” se referem ao equipamento e são termos corretos da língua portuguesa. Já “ar condicionado” sem hífen, se refere realmente ao ar que sai do aparelho. Você pode conferir aqui neste texto que escrevemos especialmente sobre esse assunto.

      Obrigado pelo contato.

  • MEU AMIGO, VOCE ESTA FALANDO UMA COISA ERADA AI DE FALAR QUE 220 NÃO E ECOMONICA DO QUE 110 CLARO QUE SIM ESTE TESTE E, MAIS VELHO DO QUE MINHA BIZAVO MEU AMIGO 2020 E MAIS ECOMONICO

  • Vamos ao raciocínio: Se o que faz rodar o disco do relógio é a energia gasta, tanto faz ser em 110v ou 220v. Mas digamos que uma bomba d’água ligada em 110v faça o disco rodar na velocidade 10 e um bomba ligada em 220v rode numa velocidade 5. Qual das ligações fez o disco rodar mas de vagar? e qual o faz rodar mais rápido?
    Bom, o disco roda mais rápido quando há maior corrente e por sua vez, é em 110v que ele faz o disco marcar um número mair de giros. Por sua vez, em 220v o disco roda mais devagar dando menos voltas em seu eixo.
    Esta constatação simples demonstra que em 220v a conta de luz virá menor em 50% e por isso mais barata. Esta foi uma constatação à olho nú, sem cálculo e sem medir nada.
    Quer ter uma experiência melhor que essa, ligue uma lâmpada de 100w para tensão de 110v num relógio e em outro relógio, ligue uma lâmpada de 100w para tensão de 220v num segundo relógio. Ligue estas duas lâmpadas ao mesmo tempo e verifique o seu consumo após 10 minutos.

    • Cláudio, entendo que voce fale de uma entrada residencial bifásica. Realize um teste alimentando uma lâmpada 127V 100W e depois uma lâmpada 220V 100W. Note que uma ligação será FN e a outra FF. No resultado voce constatará não haver diferença de velocidade no disco, como sugerido. Na condição 127V somente uma fase circulará pelo wattímetro. A corrente da lâmpada fluirá para neutro (terra). Em 220V, O wattímetro terá a corrente de duas fases. IMPORTANTE ! Numa bomba voce tem perdas no enrolamento e no campo girante do motor, e haverá o fator de potencia (carga indutiva). Ai partimos para outro capítulo…

      • Bom artigo, a contribuição que eu deixo é a seguinte, se pode economizar na bitola dos fio em 220V, outro fato é que as perdas são calculadas pela formula P=I^2 * R, se a corrente no 110V para uma mesma carga é o dobro isso implica em perdas maiores nos fio, isso conta muito quando a gente trata de motores, equipamentos com altos fatores de potência, o 220V é realmente mais econômico, mas nada que você vá sentir em seu bolso no fim do mês, mas para uma indústria faz a diferença.

    • Amigão, pelo Amor de Deus seja mais cuidadoso antes de postar algo do tipo. Se não é sua área, ou estude melhor ou dedique-se mais ao seu ramo. Se eu não sei quase nada sobre física quântica, não tenho o menor direito que tentar criar uma nova teoria, ou defender alguma só porque a “acho legal”. E saida que cada equipamento elétrico consumidor é projetado para trabalhar em determinada tensão, e se a ligarmos em uma tensão diferente (e ela resistir), naturamente o seu consumo será diferente daquele que seria medido quando ligado adequadamente. Ser cientista não é ficar chutando, mas sim aprendendo o básico e DEPOIS experimentando ou formulando hipóteses. E não chame qualquer coisa de “raciocínio” – para casos semelhantes ao seu, use a expressão “ideia bem superficial”.

  • o chuveiro 220v tem em média 7.500 whats, e desta forma aquecendo mais e mais rápido e economizando menas quantidade de água que o chuveiro de 110v com a potência de 5.500 whats, que são os máximos. Está certo meu raciocínio ?

  • “Em certos casos” onde a tensão elétrica é 110 volts existe sim maior consumo de energia, com a evolução dos equipamentos elétricos fez com isto a fiação se tornar insuficiente gerando assim aquecimento na fiação e aumento de consumo e risco .

  • a rede 110v se não for feita com uma boa fiação de bitola compativel acaba consumindo mais energia devido o aquecimento dos fios, sem contar que corre o risco de rompimento dos fios por serem muito finos, ai o custo acaba ficando alto

  • certo em santa catarina por exemplo toda eletricidade e 220v pelo que entendi o 220 v seria mais ecconomico que o 110 v por conduzir mais eletricidade?

    parabéns pelo conteúdo de caracter informativo ao publico

    • Olá Marcel,

      conforme explicamos no texto acima, podemos economizar na fiação, mas a diferença é tão pequena que não dá para dizer que um aparelho 220v consome menos.

      Obrigado pelo contato.

  • gostei muito dessa informacao ao consumidores e para algumas pessoas leigas que nao conhecia o que passava alguns eletrecistas de pouco conhecimento se fosse verdade nenhuma familia usaria o monofasico ok

  • Não há de que meus amigos, temos que prestigiar e incentivar aquilo vem para somar e melhorar nosso dia, dia. Sou eletrotécnico e também trabalho com ar condicionado!