Por Gabriela Giacomini,
Redação do Portal WebArCondicionado
video-ar-condicionado-perfume-explosao

 

Nos últimos dias um vídeo que viralizou na internet está dando o que falar por mostrar uma súbita explosão dentro de um carro com três jovens. O que se diz é que o incêndio teria sido causado por um perfume ter sido aberto com o ar-condicionado do veículo ligado.

Mas será que isso é realmente verdade ou não passa de fake news? A mensagem trazida no vídeo é de que não se deve abrir frascos de perfumes ao mesmo tempo em que o aparelho estiver em uso. Do contrário, há risco de explosão.

Assista ao vídeo:

Com a grande repercussão, muitas pessoas compartilharam o vídeo e estão tendo cuidado para não levar o líquido perfumado para os automóveis. Veja abaixo então se você realmente deve ter essa preocupação:

É mentira que o perfume aberto com o ar ligado causa incêndio

Apesar de toda polêmica que chegou às redes sociais, pode ficar tranquilo: abrir o perfume dentro do carro com o condicionador de ar em funcionamento não provoca nenhum risco de explosão.

Segundo o Fato ou Fake, do G1, o vídeo acima foi publicado no YouTube pela primeira vez em 2015 e mostra o acidente que ocorreu, na verdade, quando os jovens teriam acendido um isqueiro em ambiente com gás inflamável.

Nas imagens é possível ver que o garoto que está sentado no banco de trás do veículo aciona um isqueiro segundos antes de a explosão ocorrer. Além disso, se o vídeo for congelado e dividido em vários quadros pode-se observar também que o jovem sentado na frente surge com um pano a boca.

ar-condicionado-perfume-incendio-carro

Analisando as imagens, alguns usuários da internet afirmam que os jovens estariam usando como droga o gás butano, conhecido por ser altamente inflamável. No entanto, os rapazes que se queimaram negam que estivessem usando o gás.

Eles dizem que a explosão teria acontecido após o uso de Fidfad, um spray para roupas, pouco antes de o jovem acender o isqueiro.

O que de fato provocou o fogo?

Para Marcos Palumbo, Capitão do Corpo de Bombeiros de São Paulo, a explosão foi ocasionada por atmosfera explosiva combinada com alguma fonte de calor. “Algo na mão do passageiro se queimou. Já tinha visto essa imagem, mas não há possibilidade de o ar-condicionado do carro com perfume acontecer isso daí”, justifica Palumbo.

Especialista em ar-condicionado há 27 anos, Jacy Ferreira dos Santos confirma que a ideia trazida pela mensagem é falsa. “Isso não tem nada a ver. Tanto que o pessoal higieniza o carro com o ar-condicionado ligado. Não tem risco nenhum”, garante o profissional.

Leia também:

Acidente não causou ferimentos graves nem mortes

Na época do episódio, um dos ocupantes do carro chegou a relatar no Instagram:

“Eu e meu irmão estamos bem, graças a Deus. Eu tenho 6% de queimaduras, o que aconteceu foi que estávamos nos divertindo no carro filmando um vídeo com as janelas fechadas e cheiramos algo engraçado, mas não sabíamos que foi o Fidfad (um spray de roupa) e não demos muita atenção, então meu irmão usou o isqueiro que incendiou o gás. Estou feliz em dizer que estamos seguros e todos os rumores que saíram não são verdadeiros, e tenha cuidado com vazamentos de gás em qualquer lugar”, explicou o rapaz.

Banner Capa Cupons Webear 750x150px

Vale destacar que a mensagem falsa que circula em português também tem uma versão idêntica em inglês espalhada originalmente pela internet. Apesar disso, já foi desmentida pelos veículos de comunicação.

Portanto, pode abrir o perfume com ar-condicionado ligado dentro do carro, sem problemas.