Ambientes com ar-condicionado e em temperatura muito baixa podem ser prejudiciais na hora de sair para a parte externa
Onda de Calor: Troca Repentina de Temperatura

Onda de Calor: Cuide com a Troca Repentina de Temperatura.

A oscilação na temperatura exige cuidados com a saúde. Com o calor elevado, é frequente a troca de ambiente da rua para o interno climatizado. Nessas situações pode ocorrer o choque térmico. Saiba que é possível evitar a sensação.

Uma primeira dica é se manter hidratado. Priorize sempre uma temperatura confortável, sem exagerar no resfriamento dos cômodos.

Conforme o pneumologista do Hospital Sapiranga, Leonardo Gilberto Haas Signori, a troca repentina para ambientes de temperatura muito diferenciada pode gerar sintomas respiratórios, especialmente em pacientes portadores de doenças respiratórias crônicas.

“Deve-se evitar exposição a ar condicionado em temperaturas muito baixas, porque o ar frio costuma irritar mais o trato respiratório”, recomenda Signori.

Quando há alteração repentina da temperatura, do quente para o frio, a pressão aumenta e pode ocorrer uma crise hipertensiva. Já no cenário oposto, do frio para o quente, o sangue fica mais espesso, as artérias se contraem e a pressão tende a cair.

Leia também:

Onda de Calor no Sul do Brasil

Por esse motivo, com a onda de calor no Sul do Brasil, a nossa dica é evitar a troca repentina de temperatura. Inclusive indicamos que leia nossa publicação que mostra a temperatura ideal do ar-condicionado no verão.

Com informações da ASBRAV