Por Gabriela Giacomini,
Redação do WebArCondicionado

mulher-agredida-ar-condicionado

Um homem de 30 anos foi preso na noite da última segunda-feira (20 de janeiro de 2020) após agredir a própria esposa de 28 anos por causa da temperatura do ar-condicionado. O fato aconteceu na residência do casal, localizada no Bairro Nova Esperança, em Porto Velho, Rondônia.

De acordo com os policiais, a mulher relatou que estava dormindo com o esposo, quando ele acordou reclamando da temperatura do ar-condicionado e os dois iniciaram uma discussão.

Com raiva, o homem partiu para cima da vítima e começou a agredir a mulher com socos e puxões de cabelo. Ela ainda tentou sair de casa, mas foi impedida e agredida novamente.

Desesperada, a mulher acionou Polícia Militar pedindo ajuda. O homem recebeu voz de prisão e foi encaminhado para a Central de Flagrantes.

As informações são do Rondoniagora.

A Temperatura Ideal do Ar-Condicionado

Lembrando que, segundo a Anvisa, a temperatura ideal para ambientes padrão como residências é de 23ºC, podendo ter variações de acordo com as condições do espaço onde o ar-condicionado está instalado.

De qualquer forma, um estudo recente comprova que as mulheres sentem mais frio que os homens por terem outra temperatura corporal.

Lembrando que o WebArCondicionado repudia qualquer forma de violência e agressão, independente do gênero e da justificativa.

Utilidade Pública

Para as mulheres que passarem por algum tipo de situação similar e não terem condições de sair de casa para buscar ajuda, ligue para o número 180 – Canal de Atendimento à Mulher em Situação de Violência. Esse é um serviço de utilidade pública gratuito e confidencial (preserva o anonimato) e funciona 24 horas.