Ondas de calor estão sendo cada vez mais frequentes pelo mundo, muito devido ao agravamento do Efeito Estufa e do Aquecimento Global. Durante o verão, esses períodos de altas temperaturas intensas costumam vitimizar as pessoas mais expostas às mudanças climáticas, sejam elas de baixa renda ou que possuem condições de saúde delicadas. Foi esse último caso que aconteceu essa semana em Gifu, no Japão.

O que aconteceu no hospital?

Segundo a emissora estatal local, a NHK, cinco pessoas morreram num hospital da cidade durante uma onda de calor que coincidiu com uma falha no ar-condicionado da instituição. O hospital disse que o sistema de climatização do prédio pifou em dois dos três andares, mas que os pacientes de maior risco começaram rapidamente a serem transferidos para outros leitos mais confortáveis.

Leia também: Ar-condicionado de condomínios é desligado no Japão em meio a onda de calor.

As vítimas estavam em condições delicadas

Ainda não foi comprovado que a falta de refrigeração foi o que agravou o estado dos pacientes que vieram a falecer, mas é a hipótese com que a polícia japonesa está lidando. Entretanto, ainda não foi levantada a possibilidade de negligência do hospital.

Negligência ou casualidade?

O centro médico em questão é especializado em cuidar de pacientes idosos, e as cinco vítimas eram octogenárias e sofriam de problemas cardíacos e pulmonares, sendo que na hora do incidente, as temperaturas registravam acima de 35ºC – muito acima a que seria indicado expoar pessoas nessas condições.

Além disso, o hospital tem capacidade para receber até 119 pacientes, e estava com lotação de apenas 50 no dia em que o ar-condicionado falhou. Segundo informou a NHK, as vítimas estavam em quartos para até quatro pessoas, mas durante o incidente ficaram expostas apenas à ventilação. Em decorrência do acontecido, muitos familiares decidiram transferir os pacientes do hospital em Gifu, com medo de que novas ondas de calor possam fazer outras vítimas.

Leia também: Hospital no Canadá pede aos pacientes que tragam ventilador.

Redação do Portal WebArCondicionado.