Você já imaginou estar em sua casa desfrutando do seu ar-condicionado em meio a um calor intenso e do nada o aparelho ser desligado, sem você poder fazer nada? Foi exatamente isso que aconteceu em uma rede de apartamentos alugados no Japão. A Leo Palace, gigantesca empresa especializada em aluguéis envolvida no caso, recebeu uma onda de reclamações tão grande quanto o calor vinda de seus clientes por causa do desligamento ar-condicionado.

Isso porque cerca de 390 mil apartamentos da rede estão programados para terem o ar-condicionado desativado após 3 horas de uso, e a justificativa da empresa para essa pré-configuração é de que a atitude foi tomada para evitar o aquecimento global. Vale acrescentar que essa mesma rede, a Leo Palace, já havia sido envolvida em um escândalo em maio desse ano, após os relatos de que 30 mil imóveis estariam com problemas.

Calor Intenso X Solução para o ar-condicionado desligado

Calor-chiba-japãoCom a onda de calor incomum na província de Chiba, onde aconteceu o caso, as reclamações foram tantas que a empresa precisou tentar buscar uma solução. Segundo o jornal Sankei, em junho a Leo Palace havia recebido 130 queixas, e em julho o número saltou para 1.165. “Há possibilidade hipertermia” – elevação brusca da temperatura do corpo – e “isso representa risco de vida” foram alguns dos registros de reclamações.

Segundo informações da imprensa local, a rede está providenciando a reconfiguração ou substituição dos condicionadores de ar, e até o início desta semana 64 mil apartamentos já teriam sido beneficiados. Os imóveis atingidos com a pré-configuração dos aparelhos teriam sido aqueles construídos entre 2002 a 2015.

Gambiarra é divulgada por japonês em canal do YouTube

O caso também mostrou que os japoneses são adeptos da famosa “gambiarra”. Um YouTuber residente em um dos apartamentos da rede publicou um vídeo sobre como desbloquear essa pré-configuração após ter ligado para a fabricante e não ter encontrado resposta.

Descobrindo como cancelar a automatização, eis a explicação abaixo:


O WebArCondicionado ainda não tem um tradutor de japonês, então para entender o vídeo é necessário uma ajudinha extra.

Redação do Portal WebArCondicionado. Com informações de Portal Mie.