*Atualizado em 15/05/2018

A poluição sonora está presente em nosso dia a dia através dos mais variados tipos de barulho. Quem mora nas grandes cidades, por exemplo, aprende a conviver diariamente com os sons que vão desde aparelhos eletrônicos até sirenes de ambulância.

A exposição em excesso a ruídos acima do permitido pode causar dores de cabeça, cansaço e elevação da pressão arterial.

Nesse material você encontrará:
1 – Decibéis: O que é e quanto suportamos
2 – Projeto de Lei 263/07
3 – Ar condicionado x Ruídos
4 – Como identifico quantos decibéis meu aparelho emite?
5 – Saiba qual modelo emite mais e menos ruído
7.000, 9.000, 10.000, 12.000, 18.000 e 24.000 BTU
6 – Conclusão

~ Se você quer pular a explicação e ir direto a lista de produtos, role a página para o item “5 – Saiba qual modelo emite mais e menos ruído”

1 – Decibéis
Decibelimetro

É importante lembrar que é a quantidade de decibéis (dB) – isto é, as unidades utilizadas para medir a intensidade de um som – que irá determinar o nível de risco produzido por todas as diferentes fontes de barulho. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), 50dB, durante um longo período, é o limite para não causar efeitos negativos ao ouvido. A partir disso, o organismo humano começa a sofrer impactos do ambiente sonoro.

– Até 50 dB: nível confortável, de acordo com a Organização Mundial de Saúde. Não há efeito negativo. Ruas sem tráfego são um exemplo.

– Acima de 50 dB: o organismo humano começa a receber impactos do ruído.

– De 55 a 65 dB: a pessoa fica em estado de alerta e não relaxa. O poder de concentração diminui e prejudica a produtividade no trabalho intelectual. Um exemplo: agência bancária.

– De 65 a 70 dB (início das epidemias de ruído): o organismo reage para tentar se adequar ao ambiente, apelando para as defesas. O nível de cortisona cresce no sangue, diminuindo a resistência imunológica e induzindo a liberação de endorfina, tornando o organismo dependente. É por esse motivo que muitas pessoas só conseguem dormir em locais silenciosos com o rádio ou TV ligados. Aumenta a concentração de colesterol no sangue. Exemplo: bar ou restaurante lotado.

– Acima de 70 dB: o organismo fica sujeito a estresse degenerativo, além de prejudicar a saúde mental. Aumentam os riscos de enfarte, infecções, entre outras doenças sérias. Exemplos: praça de alimentação em shopping centers e ruas de tráfego intenso.

2 – Projeto de Lei 263/07

A fim de estabelecer critérios de controle e de fiscalização da emissão de sons e ruídos, o Projeto de Lei 263/07 aguarda parecer do Relator na Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (CMADS) para determinar as condições ideias de sonoridade em espaços públicos e residenciais.

A proposta apresentada no documento, cujo autor é o ex-deputado Pompeo de Mattos, determina que a emissão de sons e ruídos, entre 22h e 5h, será considerada “prejudicial à saúde e ao sossego público” se ultrapassar os limites estabelecidos na norma 10.151 da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).

O nível de ruído máximo em áreas residenciais, de acordo com a norma em vigor, deve ser de até 55 dB durante o dia e de até 50 dB à noite. O som de até 60 dB é o equivalente a uma conversa normal entre pessoas. Um ruído de 60 a 80 decibéis é considerado alto e equivale ao som médio de uma fábrica ou do trânsito. O som não deve ultrapassar 50 dB.

3 – Ar-condicionado x Ruídos

Nível de ruído ar condicionadoApesar de não oferecerem nenhum risco para a audição humana, é relevante conhecer o número de decibéis que os aparelhos de ar condicionado emitem. Por possuírem motores, ventiladores, turbinas, e tubulações; é natural que os condicionadores de ar produzam ruídos interna e externamente, independente do tipo ou modelo. No entanto, diferentes modelos produzem diferentes níveis de ruído devido a uma série de fatores próprios de cada aparelho, mas é possível afirmar que o número de BTU influencia diretamente nos níveis de ruído que são produzidos.

4 – Como identifico quantos decibéis meu aparelho emite?

Caso você não possua um decibelimetro (aparelho que mede os decibéis), a maioria dos manuais fornece essa informação sobre as características do produto. Em alguns casos, a informação se apresenta dessa forma: [dB(A)]39/33/25/19. Na ordem, os números são referentes aos graus de ruído alto/médio/baixo/mínimo.

5 – Saiba qual modelo emite mais e menos ruído

A ideia aqui é demonstrarmos comparativos entre os níveis de ruídos (decibéis), emitidos pelos aparelhos Janela, Split Hi-Wall, Split Hi-Wall Inverter e Portáteis.

Confira o levantamento que fizemos, com base nos manuais dos aparelhos:

7.000 BTU

Consul Janela - ccb07dbbnaNos aparelhos de 7.000 BTU, encontramos informações de Hi-Wall convencional – os famosos Split – e de Janela. O Consul Bem Estar (CBV07DBBNA) diz produzir ruídos internos de 39 decibéis (dB), contra 50 dB emitidos pelo seu modelo de Janela (CCB07DBANA).

Já os aparelhos Janela da marca Gree variam um pouco conforme o modelo. No primeiro observado (GJ7-22RM/E), o ruído percebido dentro do ambiente é de 47 dB estando na parte de fora do cômodo, podendo chegar a 52 dB. No segundo modelo avaliado (GJ7-22R/E e GJ&-22RM/F), o ruído aumenta para 51 dB (internamente) e 56 dB (externo) e no terceiro (GJ 7-12L/D) o ruído fica ainda mais significativo com 55 dB na parte interna e 62 dB na externa.

Retornando ao modelo Hi-Wall, conseguimos os números do aparelho da linha Estilo (42MTCB-07M5), da Midea, que apresenta 32 dB na parte interna e 37 dB na externa.

Conclusão: Nestes comparativos, o modelo Hi-Wall produz menor barulho que um Janela e com uma diferença considerável.

Veja os melhores preços de ar-condicionado 7.000 BTU

9.000 BTU

Nessa capacidade de 9.000 BTU encontramos dados sobre todos os aparelhos pesquisados: Janela, Portátil, Hi-Wall e Hi-Wall Inverter. Observe: no aparelho janela da Gree (GJ9-22LM/A), o ruído dentro do ambiente é de 48 dB e na parte externa chega a 54 dB.

A comparação entre os fabricantes se destaca nos modelos Hi-Wall. Enquanto alguns modelos como o PH9000TQFM5, da Philco, o RNT9F, da Rinetto, e o AR09KCFUBWQ/AZ, da Samsung, emitem 50 dB na unidade externa, a Tivah já oferece um aparelho bem mais silencioso do lado de fora, o U09CI, cujo ruído é estimado em 39 dB na unidade externa.

Entretanto, apesar das condensadoras ruidosas,  o RNT9F e o AR09KCFUBWQ/AZ têm as unidades internas mais silenciosas, ambas emitem apenas 35 dB. A Philco não fica mais atrás também, a evaporadora PH90000TQFM5 produz um ruído estimado de 37 dB, contra o modelo da York (YKS09QCA), que produz 38 dB na mesma unidade interna. Mas o VI09F, da Electrolux também é uma boa opção com seus 36 dB na unidade interna e 47 dB na unidade externa.

Nessa disputa por silêncio, vale lembrar ainda que os aparelhos Inverter saem disparados na frente. Justamente por causa da sua tecnologia diferenciada, o ruído nesses modelos costuma ser menor. O LG ArtCool AS-W092BRG2, por exemplo, emite apenas 19 dB na unidade interna – e isso vale para os modelos de até 12.000 BTU. Para quem quiser apostar no modelo portátil, vai ter que lidar com um pouco mais de barulho, já que um dos mais silenciosos nessa categoria é o da Elgin Mobile, que emite 51 dB.

Conclusão: O aparelho Hi-Wall Inverter, pela forma diferenciada de seu compressor, consegue ter um barulho pouco mais baixo que o Hi-Wall convencional. Os números sobem quando falamos do modelo Janela e ainda mais ao citarmos os portáteis. Esses sim são os de níveis de ruídos mais altos dentre os divulgados pelos fabricantes.

Veja os melhores preços de ar-condicionado 9.000 BTU

10.000 BTU

Nano Olimpia Splendid Se você procura um aparelho de 10.000 BTU não há o que ser feito. A solução será conviver com ruídos um pouco mais altos que o “normal”, pois nesta capacidade só existem os modelos Janela e Portátil. O Janela da Consul (CCS10DB) emite 54 dB se observado dentro do ambiente, contra 55 dB do portátil da Phaser. Quem baixa essa média é o modelo Nano, da Olimpia Splendid, que promete chegar a 38 dB apenas. O modelo Tango, da Midea, de 10.500 BTU, conta com 58,5 dB de nível de ruído.

Conclusão: Os aparelhos janela e portátil praticamente se equivalem, salvo o modelo portátil da Olimpia Splendid que possui um ruído equivalente a um Hi-Wall Inverter.

Veja os melhores preços de ar-condicionado 10.000 BTU

12.000 BTU

York hi-wallExistem aparelhos Hi-Wall, Hi-Wall Inverter e Portátil com 12.000 BTU. O modelo Hi-Wall Inverter da Samsung (ASV12PSBT-XAZ) aponta 37 dB na unidade interna e 46 dB na unidade externa, próximos dos 38 dB da unidade interna do Split convencional da Philco, o PH12000TQFM5.

Comparado ao tipo Hi-Wall convencional ele demonstra realmente possuir um nível de ruído menor, pois o modelo Max Plus da mesma Samsung (AS12UWBU-XAZ) apresenta 41 dB na unidade interna e 56 dB na externa. Essa média cai um pouco quando olhamos para o modelo da York (YKS12QCA), que possuí nível interno de 40 dB e externo de 54 dB.

Pinguino delonghi portatil 12000Nos modelos portáteis, a média segue com a linha Facilité da Consul, com 54 dB; a Ambiente, da Komeco, com 58 dB; a Nova, da Springer, com 59 dB; e cai bastante no modelo Pinguino, da Delonghi, que produz 44 dB de ruído.

Conclusão: O modelo inverter, novamente, está à frente dos demais quando o assunto é silêncio.

Veja os melhores preços de ar-condicionado 12.000 BTU

18.000 BTU

max plus samsung 18000 hi-wallConforme a quantidade de BTU vai aumentando, a comparação vai ficando mais direta entre Hi-Wall convencional e Hi-Wall Inverter, pois a capacidade de Portáteis e Janela estão cada vez mais limitadas a pouca quantidade de BTU.

A linha Bem Estar da Consul (CBV18CBBNA) diz que seu Hi-Wall convencional produz 44 dB em sua unidade interna, já o modelo Max Plus da Samsung conta com 46 dB na unidade interna e 58 dB na externa. Mas os mais silenciosos nessa categoria são o PAC180000FM6, da Philco, com 44 dB na evaporadora, e o AR18KCFUAWQ/AZ, da Samsung, com apenas 41 dB na mesma unidade.

Conclusão: Novamente a vitória entre os mais silenciosos é dos aparelhos com sistema Inverter.

Veja os melhores preços de ar-condicionado 18.000 BTU

Acima de 22.000 BTU

inverter samsung asv24psbt-xazNessa categoria já fica bem difícil evitar o ruído, pois é exigido muito mais do motor dos aparelhos. Entretanto, o Split convencional CCS22FIR4, da Agratto, com 22000 BTU, produz 53 dB na unidade interna e 59 dB na externa, enquanto o Inverter AR24KSSPASN/AZ, da Samsung, emite nessas mesmas unidades respectivamente 45 e 56 dB.

Conclusão: Novamente comprovado, o modelo inverter é o mais silencioso.

Veja os melhores preços de ar-condicionado 24.000 BTU

6 – Conclusão

Dos modelos consultados, o tipo Hi-wall com sistema Inverter vence qualquer outro no quesito silêncio, seguido pelo Hi-Wall convencional. Em terceiro lugar estão os aparelhos Janela e os Portáteis em último, como os que possuem maior nível de ruído.

Aparelhos com o sistema Inverter levam vantagem por conta de seu compressor que trabalha de forma constante e diferente dos demais.

Outro fato está na capacidade dos aparelhos: quanto maior o número de BTU, maior será o nível de ruído.

Redação do Portal WebArCondicionado.