*Atualizado em 13/12/2018

*Por Salvador Fraga

Barulho do ar condicionadoUm dos tantos motivos que levaram a evolução do condicionador de ar tipo janela (ACJ) para o Split foi exatamente o ruído da operação. Os condicionadores de ar possuem motores, ventiladores, turbinas, tubulações de cobre e serpentinas de cobre e alumínio que recebem acabamento produzido por um material que os fabricantes denominam nos manuais como “peças plásticas”, todos estes itens produzirão ruídos com o passar do tempo.

Resumidamente podemos afirmar que há ruídos produzidos por condicionadores de ar, independente de seu tipo ou modelo, e que a instalação por mecânicos credenciados e a manutenção corretiva sistemática das unidades irão postergar os desgastes das peças e os consequentes aumentos dos atritos. E que, o aumento súbito de ruído no condicionador de ar é a indicação de que há necessidade de manutenção.

Veja quais os modelos de ar condicionado são os mais silenciosos

Dos modelos disponíveis, o tipo dutado é considerado perfeito para a climatização de um ambiente, já que não apresenta ruídos perceptíveis ao ouvido humano. Já utilizando o ar convencional, tipo Janela (ACJ), não há como fugir do ruído, uma vez que todos os componentes estão diretamente no ambiente a ser climatizado.

Identificando as causas de ruídos em Splits

EvaporadoraNa climatização de ambientes por condicionadores de ar tipo SPLIT APARENTE é possível minimizarmos bastante o incômodo causado pelo ruído, pois, é possível distanciar a unidade externa, que é ou será a maior fonte de ruído, do ambiente.

Na unidade interna, normalmente encontramos apenas três (03) itens que poderão produzir ruído com o passar do tempo, são eles:

Carenagem Plástica 

Como há uma exposição das peças plásticas a temperaturas que oscilam entre -4º C e + 65º C, o ruído produzido pela dilatação das moléculas em muitos casos pode ser ouvido por usuários dos ambientes, principalmente se não houver a manutenção preventiva da limpeza dos filtros, pois, filtros sujos dificultam a passagem do ar, ampliando a pressão e temperatura de trabalho do sistema como um todo. Estes ruídos são identificados como uma sequência de estalos;

Turbina

Com a função de fazer passar o ar do ambiente, através da serpentina, repetidas vezes, de maneiras a proporcionar a necessária troca de calor, a turbina plástica está apoiada na carenagem, com rolamentos e embuchamentos em ambos os lados do eixo de metal, que está localizado na parte central da turbina, no sentido longitudinal, e que se conecta com o motor que a faz girar. Além do ruído produzido pelo próprio motor que a impulsiona, outras causas de ruídos oriundos da turbina são o desbalanceamento que também pode ser causado pela falta de limpeza, o desgaste dos embuchamentos e folgas entre a carenagem e os mancais de sustentação da turbina, devido à dilatação dos materiais;

Motor da Turbina 

Como qualquer motor, na medida em que o tempo de utilização aumenta, as necessárias folgas para o funcionamento do induzido que gera a energia do motor também aumentam, produzindo mais atrito e por consequência, mais ruído.

Unidade externa sem marcaNa unidade externa temos além da serpentina de cobre e alumínio, carenagem de chapa metálica e ventilador, o compressor, contatores e relés também são fontes de ruído que se agravam com o passar do tempo. Vejamos alguns destes componentes e seus ruídos:

  • A carenagem de chapa metálica da unidade externa pode emitir ruídos a partir da vibração decorrente do funcionamento do condicionador de ar, principalmente se não houver a aplicação de calços de borracha no momento da instalação;
  • O ventilador produz ruídos com origens similares aos descritos para a turbina da unidade interna, ressalvadas as diferenças de design, assim como os motores do ventilador e do compressor emitem ruídos similares ao do motor da turbina visto anteriormente;
  • O compressor com o passar do tempo também apresenta folga em seus componentes internos, ampliando significativamente o seu característico ruído de operação;
  • Os contatores e relés emitem estalos característicos quando acionados;
  • A expansão de gás emite um chiado baixo provocado pela circulação de gás nas tubulações, semelhante ao ruído gerado quando se enche uma bola ou balão.
  • A reversão de gás emite um ruído característico do produto. Sempre que estiver funcionando em refrigeração e mudar para aquecimento ou vice-versa, ocorrerá um ruído de gás circulando.
  • Ruído de água semelhante ao de uma cachoeira, gerado pelo ventilador coletando a água condensada produzida pelo sistema e direcionando para melhorar o rendimento do produto.
  • Estalos do protetor térmico do motor compressor pode ocorrer quando existe algum problema no fornecimento de energia elétrica ou instalação inadequada.

E então, conseguiu identificar o barulho do seu ar condicionado? Em caso de dúvidas ou sugestões deixe seu comentário.

salvador-bio