[ x ] Fechar

O gás natural e a climatização

  • 01 de agosto de 2013
  • 7 Comentários

O Gás Natural não é muito comum no Brasil, principalmente quando o assunto é climatização. Quando falamos nele, logo nos lembramos do GNV (Gás Natural Veicular) presente em carros, sendo outro recurso de combustível para o motorista. O GNV é mais barato, por isso é bastante visto em táxis, vans e até ônibus. Mas a utilização deste tipo de gás em aparelhos de ar-condicionado é algo que o brasileiro ainda não está acostumado.

sistema de ar condicionado a gás natural 1Essa tecnologia já é bastante usada em países como Japão, Coréia e China, que usam deste emprego para refrescar clubes e hotéis. A utilização desse gás nos sistemas de refrigeração e aquecimento beneficia os custos da empresa, já que o ar condicionado representa até um terço da conta de energia elétrica.  Nos países orientais a utilização do ar-condicionado é bastante usual por causa do custo alto da conta de luz e pela diferenciada matriz energética.

Benefícios
O Gás Natural traz menos agressões para o meio ambiente, pois emite menos poluentes, não libera toxina ou fuligem para o ar e com isso contribui para a redução do impacto ambiental. De acordo com Humberto Toscani, engenheiro químico que estuda sobre a emissão de gases na natureza, existe a possibilidade da fusão de gás natural ao gás de exaustão gerando clima quente e frio. “A soma dos gases possibilita a empresa, que utiliza o gás natural, ter uma redução do consumo de energia elétrica que pode chegar a 90%”, enfatiza o engenheiro. Você pode utilizar o sistema de Gás Natural em dois equipamentos: nos resfriadores de líquido por absorção e bombas de calor.

sistema de ar condicionado a gás natural 2Além do baixo consumo em energia e o uso consciente sem prejudicar a natureza, a utilização do Gás Natural ainda é disponível em várias capacidades. Também possui baixo custo de manutenção e operação, se comparado aos sistemas tradicionais, porém, sua instalação é similar aos equipamentos convencionais. Outra vantagem é o pequeno investimento em instalações elétricas e por fim, produz baixo nível de ruído em relação ao seu ar-condicionado de casa.

Chillers
O aparelho utiliza de uma refrigeração intermediária (água ou amônia). Este líquido circula através de uma serpentina que irá fazer o trabalho de resfriar o ar e logo será insuflado no ambiente. A máquina de absorção é dividida em quatro partes principais: evaporador, absorvedor, condensador e ciclo. Com o uso do Gás Natural, o condensador utiliza da água refrigerante filtrada pelo absorvedor e que chega até as torres de resfriamento. O refrigerante já condensado é levado até o evaporador onde é bombeado até os pulverizadores.

As máquinas chillers por absorção que utilizam de LiBr (Brometo de Lítio) trabalham com uma torre de resfriamento que são condensadas por água. Já as que utilizam de amônia usam torres que condensam o ar. Este segundo é considerado um método mais potente, pois pode atingir temperaturas de até -20ºC. Geralmente empresas que trabalham no ramo frigorífico usam deste equipamento.

Bombas de Calor GHP (Gas Heat Pump)
Este equipamento utiliza de um motor endotérmico a gás natural que realiza todo o trabalho mecânico. Esta máquina utiliza de duas configurações: expansão direta e indireta.

Texto criado exclusivamente pelo setor de jornalismo do portal
WebArCondicionado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

7 Ideias sobre "O gás natural e a climatização"