[ x ] Fechar

Entenda o funcionamento dos sistemas de climatização em ônibus

  • 17 de julho de 2014
  • 11 Comentários

LRT-ConfortAnteriormente, fizemos uma publicação no Portal sobre a importância e o conforto que o ar condicionado proporciona aos passageiros de ônibus urbanos e rodoviários. Aproximadamente 8 mil coletivos são produzidos anualmente no Brasil com equipamentos de ar condicionado. Mas como funciona esse sistema? Como é feita a instalação e quando é recomendado fazê-la?

Para entender e explicar como é feita a instalação e como funciona o sistema de ar condicionado em ônibus, microônibus e vans, fomos buscar informações com uma das empresas referência no assunto, a Thermo King.

A instalação do sistema de ar condicionado de um ônibus é feita no teto, pela parte externa ou internamente à carroceria. No caso dos ônibus de viagem, o insulfamento e a distribuição de ar no compartimento de passageiros é feito por meio do porta pacote (bagageiro interno que fica acima dos bancos). Em alguns casos específicos de pequenos ônibus, o insulfamento de ar é direto, sem duto, similar a um sistema mini-split. O compressor do ar condicionado é instalado no motor do veículo. Em muitos casos é também necessária uma fonte adicional de energia, o que é obtido com a instalação de um alternador auxiliar no motor do veículo.

O que determina a potência do equipamento
A definição da capacidade e potência do equipamento é feita a partir das dimensões do ônibus e da área envidraçada. Quanto maior o ônibus, maior a capacidade necessária. Porém, um ônibus urbano necessita de uma capacidade maior do que um coletivo rodoviário pela constante abertura das portas, o que acaba impondo uma carga térmica maior. Os ônibus rodoviários geralmente operam em maiores distâncias, mas com menos abertura de portas.
A quantidade de passageiros e o clima da região onde o veículo vai operar também são fatores determinantes para definir a capacidade necessária do equipamento.

Quando deve ser feita a instalação dos sistemas de ar condicionado
De acordo com a Thermo King, o aconselhado é o ônibus já sair da fábrica com o equipamento instalado. A instalação posterior é tecnicamente possível, porém não é viável economicamente.

O ônibus que sai da fábrica equipado com ar condicionado, possui várias características específicas que outro veículo não possui. Isolamento térmico, tubulação, duto porta pacote, chicotes elétricos, acoplamento do compressor do motor, estrutura na carroceria para ar condicionado, entre outros, são itens necessários para que o sistema seja instalado.

Devido à necessidade de todos estes componentes, a instalação de um equipamento de ar condicionado em um ônibus pronto, exigirá praticamente uma reforma do veículo, tornando muito caro o projeto.

Quando deve ser feita a higienização do equipamento?
A limpeza dos dutos de ar deve ser feita trimestralmente. Porém, este tempo poderá ser reduzido dependendo da utilização e da quantidade de passageiros transportados. As regiões onde o veículo opera também são fatores determinantes do período de tempo entre uma limpeza e outra.

Confira outras matérias especiais:

Conheça os sistemas de ar condicionado em barcos

Ar condicionado em máquinas agrícolas

Saiba como funciona o ar-condicionado em aviões 

Conheça como funcionam as câmaras frigoríficas em caminhões 

Ar-condicionado automotivo

Conheça os tipos de ar-condicionado veicular

Redação do Portal WebArCondicionado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

11 Ideias sobre "Entenda o funcionamento dos sistemas de climatização em ônibus"