Por Yuri Correa,
Redação do Portal WebArCondicionado

O Rio de Janeiro é o cartão postal mais famoso do Brasil. Quando a gente pensa no Rio, vem na cabeça verão, praia e belezas naturais, quase impossível não associar o ponto turístico mais visitado país com um clima quente e ensolarado. E isso é quase que totalmente verdade, só que não acontece na época do ano em que as pessoas acham que acontece.

Pois é, apesar do clima bem tropical úmido, o Rio de Janeiro tem um verão marcado pela nebulosidade, acredite. Entre os meses de novembro e março a incidência de nuvens no céu fica acima de 60%. Claro, também é a época do ano em que mais chove. Então se a ideia é ir à praia, talvez seja melhor guardar sua visita para o meio do ano.

(medição de setembro de 2019)

Verão chuvoso e abafado

A cidade é litorânea, ou seja, já tem normalmente uma taxa de umidade relativa um pouco mais alta. O verão do Rio de Janeiro é muito úmido e abafado, a média do verão fica em torno dos 26ºC. As temperaturas altas típicas dessa época do ano são potencializadas por esse pequeno efeito de estufa. A função umidificadora do ar-condicionado não é necessária nessa época do ano, mas o aparelho de climatização é essencial, porque o calor é puxado!

O recorde da máxima de temperatura na cidade costumava ser de 43,1ºC, registrado em 1984. Porém, em 2012, foram registrados 43,2ºC, com sensação térmica de 47ºC. 

Além disso, como ela fica virada de frente para o oceano e cercada por uma cadeia de serras muito altas, é normal que frentes de chuva ou de ar quente avancem sobre a cidade sem impedimentos e fiquem retidas sobre ela por causa da muralha natural de montanhas. Ou seja, é fácil para as tempestades e ondas de calor atingirem o Rio de Janeiro, mas não tão fácil assim para elas irem embora, por isso esses dias de chuva e calor costumam durar bastante tempo. 

O inverno é o Rio de Janeiro das novelas

Já aquele Rio de Janeiro das novelas com céu aberto e tempo agradável para passear na beira da praia é mais comum nos meses de abril a outubro. A nebulosidade cai e a temperatura também estabiliza. A média do inverno costuma ficar em torno dos 17ºC.

(medição de setembro de 2019)

A temperatura mais baixa já registrada na capital carioca foi de 5,6ºC em 1926, há muitos anos atrás. Claro, essas são medidas feitas na zona urbana do Rio de Janeiro. Quando se fala das regiões metropolitanas mais afastadas e até mais altas, em especial a serra do estado, essas temperaturas caem bastante e, inclusive, registram algumas das médias mais baixas do país.

Apesar de tudo, o Rio de Janeiro é uma cidade cercada e invadida por áreas verdes e pela natureza. Grandes prédios dividem espaço com morros e reservas, o que torna a cidade bem arejada, ao contrário do que é, por exemplo, a atmosfera poluída de São Paulo. E você, já conhece o tempo no Rio de Janeiro?