Após a análise do ambiente, a novidade controla o ar-condicionado com as melhores condições
sistema de fluxo de ar com tecnologia 3D mitsubishi

Conheça o sistema de fluxo de ar com tecnologia 3D Mitsubishi!

O novo sistema de fluxo de ar com tecnologia 3D da Mitsubishi estará presente em breve na Europa. Conforme a fabricante, a novidade alcança conforto otimizado em sala. Assim, analisa o fluxo de ar do ar-condicionado e a distribuição de temperatura.

Normalmente, o fluxo de ar interno é controlado por cada aparelho com dados de sensores integrados. A Mitsubishi argumenta que, dependendo do layout do ambiente e da posição da unidade, o fluxo de ar pode não chegar em áreas como os cantos.

Outro fator é que a operação de unidades adjacentes pode interromper os fluxos de ar pretendidos. A tecnologia com 3D prevê o fluxo de ar necessário e a distribuição de temperatura, incluindo o melhor ângulo e a intensidade.

Após a análise do ambiente, o sistema de fluxo de ar com tecnologia 3D Mitsubishi controla o ar-condicionado com as melhores condições.

Pelo fluxo de ar otimizado, mesmo se várias unidades operam na mesma sala, a análise permite maximizar o conforto no ambiente, inclusive em espaços próximos ao piso e atrás de obstáculos.

As colisões entre os fluxos de ar diagonais são evitadas e o ar-condicionado atinge os cantos da sala de maneira igual.

Ambientes são Climatizados Rapidamente e Tecnologia 3D

Nas áreas com janelas, em que a temperatura do piso demora para subir pelo ar frio vindo desse espaço, o tempo para fechar o intervalo de temperatura fica entre 0,1 metros e 1,7 metros acima do piso em pelo menos 3°C foi reduzido para apenas três minutos.

O valor é mais baixo em comparação aos 163 minutos convencionais. Os dados para a análise do fluxo de ar, como a localização de paredes, pisos, colunas e equipamentos de ar-condicionado, são extraídos de dados BIM para gerar os modelos 3D.

A análise do fluxo de ar é feita por testes virtualmente em modelos que incorporam layouts de móveis, unidades internas e sistemas de ventilação para visualizar o fluxo de ar, distribuição de temperatura e efeitos de ventilação.

Leia também:

Daikin Altherma Mede Qualidade do Ar Interno
R-32 é a Aposta da Fujitsu em modelos Teto e Cassete

Os layouts da sala, das unidades internas e do sistema de ventilação podem ser alterados facilmente na tela. Por sua vez, os números do modelo de sistemas específicos da Mitsubishi
podem ser inseridos a partir de banco de dados.

Os resultados de diferentes padrões são comparados com animações de fluxo de ar e de diagramas codificados por cores de contornos de temperatura, níveis de concentração de CO2 e tempo para que o ar das aberturas atinja as áreas específicas.

A Mitsubishi afirma que espera usar  o novo sistema de fluxo de ar para aconselhar proprietários e designers de edifícios sobre como melhorar os layouts internos para aumentar o conforto.

Redação WebArCondicionado