Atualizado em 17/04/2020 por Yuri Correa
Redação do WebArCondicionado

Você precisa mudar o ar-condicionado de lugar? Muita gente que vai se mudar ou reformar fica com o coração na mão se precisa desinstalar o ar-condicionado. Mas não precisa dessa preocupação, é totalmente possível mudar o ar-condicionado de lugar.

E hoje vamos mostrar como isso é feito e que cuidados você deve exigir. Veja só!

mudar o ar condicionado de lugar

Veja abaixo como mudar o ar-condicionado de lugar. – imagem: reprodução.

Como Mudar o Ar-Condicionado de Lugar

Essa dúvida surge normalmente quando as pessoas precisam mudar um ar-condicionado split de lugar. O split necessita de uma instalação mais complexa, e por isso as pessoas nem sempre sabem que tem como desinstalar esse modelo de ar-condicionado.

Mas é possível sim. Só tem que tomar muito cuidado e observar como o técnico vai retirar o ar-condicionado do lugar e como ele vai transportar o aparelho. Por isso, não chame qualquer um para fazer o serviço, chame um profissional!

Contate um Profissional para Desinstalar o Ar-Condicionado

Antes de tudo, é preciso avisar: não tente retirar o aparelho você mesmo. Esse serviço deve ser realizado por um profissional especializado, pois ele envolve elétrica, recolhimento de gás refrigerante e outras peças que pode causar acidentes horríveis se a pessoa não souber o que está fazendo.

Então esteja ciente: é preciso chamar um instalador. Ele deve avaliar a situação do aparelho e verificar se o ar-condicionado está em boas condições de uso e se é possível tirá-lo do lugar sem causar nenhum dano.

É preciso Higienização e demais Cuidados

Em muitos casos, dependendo do local onde estava instalado o ar-condicionado, a unidade interna (evaporadora) deverá ser desmontada para executar a lavagem da serpentina. Isso é feito com a aplicação de produtos químicos e bomba de alta pressão.

A mesma coisa vale para a unidade externa (condensadora) se o técnico avaliar que ela vai ser afetada pela desinstalação também. Nesse caso, o técnico deve tomar o máximo de cuidado para não expor o aparelho à umidade, visto que ela é prejudicial para o equipamento.

Como Retirar o Ar-Condicionado?

Na hora de retirar o ar-condicionado do lugar, é necessário seguir alguns passo. Roberto Kitamura, proprietário da Fuji Ar, enumera abaixo:

Contate um profissional

1 – O técnico precisa fazer o recolhimento do gás (fluído refrigerante) antes de tudo. Para recolher o fluido ele tem que conectar a mangueira azul do analisador de pressão (chamado de conjunto manifold) na válvula de serviço da unidade externa.  E aí, com o registro do manifold fechado, ele deve ligar o aparelho no modo de refrigeração;

2 – Aí o técnico fecha a linha de alta pressão (a mais fina) com o auxílio de uma chave sextavada (chave allen);

3 – Depois disso o técnico deixa o motor ligado até o medidor de pressão bater no zero;

4 – Quando isso acontece, ele deve fechar a válvula na hora e desligar o ar-condicionado;

5 – Só depois disso é que as tubulações podem ser desconectadas.

Outros cuidados

Ainda de acordo com Kitamura, referente ao gás, deve-se tomar cuidado para que ele não seja liberado na atmosfera, pois é prejudicial ao meio ambiente. “Caso o equipamento esteja com problemas e não consiga fazer o compressor funcionar, deve ser feito um diagnóstico para saber se ele está queimado. Caso positivo, deverá ser utilizado uma recolhedora e um cilindro especial (somente para gases refrigerantes à serem descartados). Após isso, a recolhedora deve ser limpa com a passagem do fluido 141-B para que possa ser utilizada posteriormente”.

Se o problema for elétrico ou eletrônico, o profissional diz que “o gás refrigerante poderá ser reutilizado, devendo ser recolhido com uma recolhedora e um cilindro especial para acondicionar o fluído refrigerante que poderá ser utilizado posteriormente. Além disso, no recolhimento do fluído refrigerante, se deve tomar cuidado para não misturar os gases diferentes, tais como R-22 ou 410-A, que são os normalmente utilizados”.

Para a empresa ReformAr, o procedimento é o mesmo, apenas acrescentam que “se for desinstalar apenas a unidade interna, o procedimento de retirada será somente da evaporadora. O mesmo acontece com a unidade externa. Além disso, o deslocamento da tubulação deverá ter um apoio técnico”.

Transporte do aparelho

O transporte do ar-condicionado é outra parte desse processo de mudança que precisa de muito cuidado. Falamos algumas empresas para saber quais são as dicas na hora de transportar o aparelho, especialmente se for do modelo split. Veja:

Como Transportar o Ar-Condicionado Split

Segundo a empresa TecnoAr Brasil:

“A evaporadora pode ser transportada sem maiores preocupações. Já a condensadora, não pode tombar, deve ser mantida sempre em pé”

E de acordo com a ReformAr:

“A condensadora deve estar sempre de pé. Se isso for desobedecido, será preciso deixar o equipamento em torno 2 horas desligado, inerte em pé, antes da instalação”

Além disso, as empresas lembram que após desinstalar os equipamentos, é necessário protegê-los com material adequado contra o mau tempo e outras eventualidades. Segundo o manual da fabricante Elgin, por exemplo, não se pode inclinar a unidade externa condensadora, mais que 30º durante o transporte.

Roberto Kitamura acrescenta que é necessário lacrar com fita isolante as conexões, para evitar a entrada de corpos estranhos e até de insetos nas tubulações. Deve-se tomar cuidado quanto a impactos e amassamentos, pois o equipamento é frágil.

Desinstalar ou comprar um Ar-Condicionado Novo?

Agora, todo esse processo de mudar o ar-condicionado de lugar pode custar bem caro. É o custo da mão-de-obra, do transporte e da nova instalação ainda por cima. Se o ar-condicionado já é um pouco mais antigo, tem que ver se vale a pena investir esse dinheiro.

Às vezes sai mais em conta comprar um ar-condicionado novo. Basta dar uma olhadinha no comparador de preços de ar-condicionado para saber onde estão os valores mais baixos da internet e escolher qual investimento faz mais sentido para você.