Atualizado por Yuri Correa em 17/01/2020
Redação do WebArCondicionado

 

 

 

 

 

Muitos instaladores de ar-condicionado alegam que trabalham com instalação de Splits há anos e que nunca fizeram o procedimento de vácuo. Eles se questionam sobre a obrigatoriedade desse procedimento, já que o assunto é polêmico entre os instaladores de ar-condicionado e gera discussões acaloradas nas redes sociais.

Porém, hoje, vamos descobrir a real importância desse procedimento. E seguindo os links na matéria, você pode até aprender como fazer o vácuo nos aparelhos que vai instalar ou operar em casos de manutenção. E tudo isso começa com uma simples pergunta:

Por que o vácuo é tão importante?

O vácuo é um procedimento de limpeza da tubulação dos aparelhos de ar condicionado do tipo split. Ele é extremamente importante para eliminar todo tipo de sujeira que pode acumular nessa tubulação, impedindo a entrada de poeira ou outras substâncias que podem danificar o aparelho.

O vácuo também reduz a pressão no sistema fazendo com que a umidade evapore, pois a umidade, se misturada com o gás refrigerante, pode gerar muita acidez, o isso vai danificar o compressor ou formar blocos de gelo na evaporadora. Também é recomendado fazer o procedimento de vácuo toda vez que for feita recarga de gás refrigerante. Nesse caso, o vácuo vai eliminar todo o resto de gás antigo.

O vácuo é obrigatório?

Não existe uma lei que diga que o procedimento de vácuo é obrigatório. No entanto, por causa dos motivos que citamos acima, esse procedimento é essencial e indispensável para o bom funcionamento do ar-condicionado, tanto é que a maioria dos manuais (do usuário e de instalação) traz orientações sobre como ele deve ser feito.

“Sou instalador, não fiz o vácuo mas a máquina funcionou normalmente”.

O setor está cheio de profissionais sem qualificação, que muitas vezes fazem um trabalho de má qualidade e que prejudica principalmente o consumidor. Se o procedimento de vácuo não for feito o aparelho pode funcionar normalmente por um certo tempo, mas a sua vida útil com certeza será menor.

Por exemplo, um ar-condicionado que duraria em média oito anos com uma instalação bem feita, sem o procedimento de vácuo, pode começar a apresentar problemas em dois ou três anos. Portanto, o indicado é que se faça o vácuo sempre, como parte obrigatória da instalação. O aparelho funciona melhor e dura mais, o cliente fica mais feliz, o mercado ganha mais credibilidade e você vai estar sendo um refrigerista mais profissional.  

E aí, ficou alguma dúvida sobre a importância de fazer o vácuo no ar-condicionado? Deixe suas perguntas e sugestões nos comentários!