Redação Portal WebArCondicionado

Tubulação de alumínio ou de cobre, um dos assuntos mais “polêmicos” entre instaladores, profissionais, empresas e todas as esferas envolvidas no mundo da climatização. Geralmente nessas conversas fica claro que cobre é melhor, por ser mais resistente, etc. Nós mesmo citamos isso nesse texto onde fazemos esse comparativo: Tubulação em Cobre ou Alumínio: Qual o melhor para o ar-condicionado?

No conteúdo dessa página, a intenção não é saber qual o melhor e sim, responder o que diz o título da nossa matéria. Confira abaixo nosso material.

Características das tubulações de alumínio na instalação do ar condicionado

Em conversas com instaladores e observando os comentários do Fórum do Ar Condicionado, notamos que a maioria dos profissionais realmente evitam o alumínio e preferem nem realizar o trabalho quando há vazamento ou algum problema nas tubulações.

Segundo a Daikin, “comparado ao cobre, o alumínio é um material que se sujeita mais facilmente à corrosão, inclusive pode ocorrer corrosão eletrogalvânica pelo contato do alumínio (tubos) com o cobre (conexões da máquina) e isso influencia na durabilidade das instalações e pode desgastar emendas e conexões entre a condensadora e evaporadora”.

Nenhum fabricante dos que pesquisamos, inclusive a Daikin, recomenda tubulações de alumínio. A garantia dos equipamentos poderá ser negada caso se comprove o uso de tubos de alumínio.

Conforme o profissional Jairo Bertoni, “mesmo realizando o procedimento correto, mais cedo ou mais tarde esse tubo vai furar, degradar, reagir com o ar ou outros metais e ligas. O problema não é ele ser bom ou ruim e sim a falta de confiança que o alumínio passa”.

Fragilidade das tubulações de alumínio é o principal argumento

Um dos problemas das instalações com alumínio é que com o tempo as flanges e conexões ficam frágeis e acabam gerando vazamentos e desperdício de fluído refrigerante.

A maleabilidade das tubulações de alumínio é outro fato que as torna mais vulneráveis, já que podem amassar e serem perfuradas com maior facilidade.

Outro problema citado, além do vazamento é a corrosão galvânica, que aos poucos vai causando problemas no aparelho de ar condicionado. Esse problema pode ir causando lentamente um mal funcionamento e passar desapercebido inicialmente. Quando é notado pelo usuário, o equipamento pode estar estragado ou com avarias que darão trabalho para consertar.

Contra a utilização do alumínio, o profissional Jairo Bertoni, conclui seu raciocínio citando que seu argumento é somente físico, estrutural e molecular, “não uso alumínio pelo fato de ser mais frágil em tudo. Tenho histórico com o produto e sei que não tem comparação a vida útil. O alumínio fura e degrada, perdendo rendimento e suas características físicas com o tempo de modo muito mais rápido que o cobre”, explica.

Leia mais: Serpentina de Cobre: Veja todas as marcas que utilizam

Mas há vantagem em utilizar as tubulações em alumínio?

Após esses argumentos, nos perguntamos qual é então a vantagem da utilização do alumínio nas tubulações, já que alguns locais inserem esse tipo de material na construção de prédios e demais obras?

A grande vantagem do alumínio é o preço e ele acaba sendo determinante em muitas decisões de construtoras e até mesmo de clientes e profissionais.

O alumínio é encontrado por um preço mais acessível que o cobre, porém deve ser levado em consideração a fragilidade do material e tudo que dissemos acima. Afinal, não há uma vantagem técnica para a utilização do alumínio.

Ao entender as características, fica claro que a escolha do alumínio para tubulações de ar condicionado pode comprometer a qualidade do aparelho e do serviço prestado.

Veja também: Vídeo: Técnico de Ar-Condicionado conta como Solucionou umas das Manutenções mais Difíceis da Carreira

Já tenho a tubulação de alumínio, e agora?

Depois de lermos todas essas informações, ficou claro que se você possui tubulações de alumínio em sua residência, terá que fazer algumas escolhas daqui pra frente.

Segundo informações da Consul, “o alumínio é um material frágil e sofre grande deterioração com o tempo, sofrendo amassados e dobras. Por isso, as chances de você precisar trocar os tubos é alta. O tubo de alumínio também pode sofrer com a ação do ar em seu interior, ficando poroso e resultando em vazamentos”.

Como cita a Consul acima, “a chance de você precisar trocar de tubos é alta”, e realmente é. Essa, por sinal, é uma das saídas que você deverá levar em consideração. O problema nessa decisão é o transtorno. Quebrar parede, gesso, toda aquela sujeira que uma obra causa e até mesmo o gasto com todo esse trabalho, será que vale a pena? É realmente necessário isso?

Infelizmente somos obrigados a trazer outra informação: todas as marcas que pesquisamos, elas dizem que a garantia do aparelho de ar condicionado é perdida no momento em que a instalação é realiza em tubulação de alumínio. Conforme a Samsung, “a tubulação permitida para instalação dos condicionadores de ar Samsung é a de cobre. O cobre é um material de melhor qualidade e mais resistente, evitando riscos de eventuais problemas”. Esse exemplo serve para todas as outras marcas.

A sensibilidade no manuseio do alumínio é algo a ser destacado também. Na hora da instalação do aparelho na tubulação de alumínio, são requeridos cuidados extras, como a intensidade do torque, cuidado no manuseio, sujeira no tubo, qualidade do material e a própria imperícia também podem tornar uma dor de cabeça a instalação no alumínio.

Após todas essas informações, fica a cargo do usuário como proceder. Vale a pena perder a garantia do aparelho e apostar em uma instalação em tubulações de alumínio ou melhor a modificação das tubulações para cobre?