Material é essencial tanto para o instalador como ao consumidor
manual do ar-condicionado

Confira os motivos para guardar o manual do ar-condicionado!

O manual de qualquer aparelho eletrônico reúne diversas informações, como as dicas de uso, os cuidados de manutenção e os códigos de erros. Porém, muitas vezes não é consultado, sendo deixado no fundo da gaveta ou até mesmo colocado no lixo.

Independente se é instalador ou consumidor, o manual do ar-condicionado deve ser preservado. Se ainda tem dúvidas disso, separamos alguns argumentos para reforçar a importância do material.

Instalador: Manual do Ar-Condicionado Reúne Informações Únicas

Muitos profissionais,  acostumados a instalar aparelhos de ar-condicionado, realizam o trabalho de acordo com seu conhecimento. Porém, alguns itens, como a distância adequada entre a unidade interna e externa, por exemplo, varia conforme a marca e o modelo.

A carga de fluido refrigerante, em uma necessidade de preenchimento no futuro, também pode mudar entre os aparelhos. Assim, o instalador precisa ficar atento e saber como localizar essa informação.

Outros itens como as ligações elétricas podem ser observadas no manual do ar-condicionado. Por isso, sempre consulte o material quando surgir alguma dúvida.

Consumidor: Funcionalidades do Controle Remoto e Dúvidas Básicas

Geralmente, as funcionalidades básicas do controle remoto são de conhecimento da maioria dos usuários. Contudo, pode existir um novo questionamento. Por exemplo: “É possível apagar a luz do controle ou as luzes da evaporada” ou “Como ativar a função desumidificar”.

Dúvidas sobre o consumo de energia do aparelho, tempo de limpeza e cuidados para manter em boas condições, são dicas presentes no manual do ar-condicionado. Dessa forma, sempre deixe o documento em um local de fácil acesso.

Por acaso, se perdeu o item do seu equipamento de climatização, fique tranquilo. Em nosso blog, temos uma categoria que reúne os manuais dos modelos de ar-condicionado de cada uma das fabricantes. Para acessar, basta clicar neste link aqui.

Redação WebArCondicionado