Atualizado em 05/05/2021

Na região Sul do Brasil, as temperaturas negativas na estação mais fria chegam a congelar os equipamentos

A cidade de São Joaquim, em Santa Catarina, costuma registrar temperaturas bem baixas no inverno./ Imagem: James Tavares/Secom

No inverno rigoroso da Região Sul, as temperaturas negativas podem, inclusive, congelar o ar-condicionado. Várias pessoas relatam que os equipamentos split com o ciclo quente não estariam dando conta de aquecer o ambiente nos dias mais frios. Por isso, vamos explicar para você como acontece e a solução para o congelamento do equipamento.

Como acontece o congelamento do Split?

Geralmente o ar-condicionado congela no frio porque as temperaturas muito baixas diminuem a capacidade de transformar o ar frio em ar quente. Isso forma cristais de gelo, pois há muita umidade. Com isso, o compressor do equipamento desliga e fica funcionando somente a parte de ventilação.

Nós explicamos neste post como funciona um split. Assim, fica mais fácil compreender o por quê do congelamento. Poucos aparelhos no Brasil são fabricados para suportar temperaturas muito baixas: normalmente funcionam até – 4° C.

Quando a temperatura externa fica abaixo disso, o ar quente, que deveria ser jogado para fora pelo aparelho, está mais frio que o ar exterior. Por esse motivo, acontece o congelamento das serpentinas e hélices do ventilador.

Mesmo sendo recomendado ligar no inverno para evitar danos, em alguma cidades, principalmente no Sul do Brasil, as pessoas não conseguem usar o ar-condicionado quando as temperaturas ficam muito baixas.

Como solucionar o problema no ar-condicionado?

Na maioria das vezes parece algum defeito e você acaba desligando o aparelho. O procedimento interrompe o funcionamento do sensor degelo, ocasionando um tempo bem maior no processo de descongelamento. A solução é esperar a temperatura subir um pouco para que o degelo aconteça naturalmente.

Infelizmente não existe nenhuma “saída” para fazer o aparelho voltar a funcionar normalmente. Quando a temperatura na rua for muito baixa, não é aconselhado tentar esquentar a parte externa (com bolsas de água quente, chaleiras e panos) a fim de faze-lo funcionar. Isso pode afetar o ar-condicionado. Os técnicos recomendam esperar o frio intenso ir embora.

Outra saída seria trocar o seu ar-condicionado por outro capaz de suportar temperaturas de -10 °C. Então, se você é de regiões mais frias no Brasil, procure aparelhos quente/frio.

Ar-condicionado é no WebArCondicionado

Redação WebArCondicionado