ASBRAV reforça importância de alguns procedimentos para o equipamento funcionar corretamente nos dias de temperaturas elevadas
Dicas Aproveitar ao Máximo o Ar-Condicionado

Confira dicas para aproveitar ao máximo o ar-condicionado./Imagem: Reprodução Freepik

A onda de calor vai exigir paciência e o bom uso dos equipamentos de climatização. Com temperaturas elevadas alguns cuidados podem tornar a utilização do aparelho mais eficiente. Por isso, veja dicas para aproveitar ao máximo o seu ar-condicionado.

Conforme o vice-presidente da ASBRAV, Ricardo Albert, o calor entra nas casas de três formas: a primeira é pela diferença de temperatura interna x externa, ou seja, quanto mais isoladas forem as paredes e principalmente a cobertura, menos calor irá incidir.

“A cobertura é normalmente o ponto mais crítico de uma residência. Então a orientação é sempre isolar o telhado”, contextualiza Albert.

A segunda fonte, muitas vezes não menos crítica, é através das superfícies transparentes (vidros). Isso ocorre pois tem um alto índice de transmissão e permite a entrada direta da radiação solar, aquecendo paredes, pisos e pessoas.

A dica é utilizar cortinas tipo blackout quando há insolação direta nas janelas. Quando não houver incidência da insolação direta aproveitar ao máximo a iluminação natural sem ligar a iluminação artificial.

Leia também:

Onda de Calor no Sul do Brasil

A terceira incidência de calor é a que vem da ventilação ou da renovação de ar. Essa é necessária e importante para a manutenção da qualidade interna do ar, principalmente em época de pandemia.

“O setor de climatização tem manifestado que a saúde está no ar e que precisamos garantir a correta renovação e um fluxo constante do ar mais limpo para o mais sujo. Esta entrada de calor aos ambientes é uma exigência para um ambiente mais saudável”, explica Albert.

Outra dica para economia de energia é não abrir mão da qualidade do ar (Ventilação e Renovação) e que se use uma temperatura de conforto mais acima do usual. Isto é subindo o termostato para 25° ou até 26°C – aceitável para uma temperatura externa de 40°C.

Com informações da ASBRAV