*Atualizado em 27/06/2019

cartao de visita ar condicionado

Se você é um técnico de ar-condicionado e quer criar um cartão de visita bonito para entregar aos seus cliente, chegou ao lugar certo. Pretendendo ajudar os profissionais e as empresas a atrair mais clientes, já falamos aqui no blog sobre alguns recursos utilizados para melhorar o rendimento dos seus negócios e a visibilidade nesse mercado, desde adesivos para carro até o uso de email marketing.

Apesar disso, em meio a tantas ferramentas que podem ser utilizadas estrategicamente, não podemos deixar de falar sobre o bom e velho cartão de visita. Afinal, você já possui um modelo para divulgar seus serviços?

A seguir vamos explicar sobre a importância dos cartões e o impacto que eles podem causar nos futuros clientes, além de dicas para utilizá-los da melhor forma e alguns modelos nos quais você pode se inspirar ao criá-los. Fique ligado:

A importância do cartão de visita para o técnico de ar-condicionado

Assim como em outros segmentos, o cartão de visita para quem atua com ar-condicionado é um dos itens mais importantes para divulgar o seu contato profissional e se mostrar disponível.

Aí vai uma curiosidade: para os orientais, o significado do cartão é tão expressivo que ele é entregue e recebido com as duas mãos, revelando um grande simbolismo em torno desse pedaço de papel que contém informações.

Mas calma, não estamos dizendo que é necessário criar toda uma formalidade ao entregar o seu cartão às pessoas, mas falamos sobre como é relevante aproveitar essa oportunidade para interagir com a sua clientela. O cartão representa o seu profissionalismo e a possibilidade de você ser reconhecido no momento em que ele está nas mãos de alguém.

Possibilidade de retorno ou indicação com o Cartão de Visita

No momento em que você realiza a instalação na casa ou estabelecimento comercial de alguém, por exemplo, deixar o seu cartão com o cliente é uma ótima oportunidade para voltar ao local para serviços de manutenção e limpeza ou até mesmo servir de indicação para novos clientes.

É um impacto diferente do que você simplesmente fazer o seu trabalho e sair dizendo apenas que está a disposição para resolver possíveis problemas, por mais educado e gentil que você seja. Entregar o cartão aliado a sua simpatia transmite profissionalismo ao cliente, agregando também confiança a sua atuação.

Portanto, nosso conselho é você levar em consideração o antigo ditado “a primeira impressão é a que fica”, e não se limitar fazer o uso do cartão em meio aos seus serviços, mas caprichar para desfrutar desse recurso da melhor forma e assim os resultados apareçam.

Para te ajudar nessa, veja as dicas básicas que preparamos para você observar em relação ao seu cartão:

Dicas para o Cartão de Visita do Profissional de Ar-Condicionado

Considerando que o cartão de visita é um material que identifica uma pessoa ou uma empresa, refletindo assim sua identidade e imagem no mercado, é preciso tomar certos cuidados ao prepará-lo e entregá-lo.

O visual do cartão poderá somar ao seu favor

A primeira coisa a se considerar ao pensarmos no cartão de visita é o seu visual. O design deve ser o mais limpo possível, tornando seu cartão objetivo com as informações necessárias a serem comunicadas.

O ideal é que ele seja confeccionado com pouca imagem, para que o visual não fique poluído e acabe dificultando a interpretação. Caso você mesmo se responsabilize por realizar essa tarefa, tome cuidado também com o tamanho da fonte que você utilizar, adaptando as palavras em dimensões nem muito pequenas nem muito grandes, mas de modo que fique em harmonia com o tamanho do cartão.

No final do texto, há alguns modelos para você se espelhar.

Dados do Cartão: Quais informações colocar?

Como falamos acima, a objetividade e a clareza devem guiá-lo na hora de digitar os seus dados. Escreva no cartão:

• Nome e sobrenome;
• Profissão (vale lembrar os serviços realizados);
• Empresa que representa (se for o caso, incluindo também o logotipo);
• Informações de contato: preferencialmente o número do telefone/celular e e-mail. Caso haja endereço físico, também é uma informação importante.

Se você utilizar algum logo no cartão, é indicado que ele seja o único elemento que possa se destacar mais do que o seu nome, mas isso não é obrigatório.

Além disso, é possível adicionar um slogan ou alguma frase curta que evidencie algum diferencial do seu trabalho, mas na dose certa. Tome cuidado para não ficar muito comprido e assim prejudicar a leitura.

Na verdade, é muito comum utilizar os dois lados do cartão. Você pode colocar o seu nome e/ou o logo de um lado e suas informações de contato do outro.

Confecção: Utilizo uma gráfica para imprimir meus cartões?

Para uma impressão adequada, o ideal é que o cartão seja confeccionado em uma gráfica. Imprimir em casa não é nem um pouco aconselhável, pois o tipo de papel utilizado e a impressão de qualidade importam muito para que o seu cartão fique adequado e passe credibilidade.

Não adianta caprichar no design e não dar atenção à hora de imprimir. É como um instalador ter o melhor material de instalação mas não saber operar um ar-condicionado.

O trabalho não sairia bacana, não é mesmo? Portanto, considere essa questão.

Informações: Meus dados estão atualizados?

Outra observação: estar atento para que todas as informações do cartão estejam sempre atualizadas. Pode parecer besteira falar isso, mas todos estamos sujeitos a mudar o número dos nossos celulares ou e-mail, por exemplo, e nos esquecermos de adaptar as alterações ao cartão.

Não é nem um pouco legal entregar ao cliente o seu modelo com dados antigos ou então simplesmente rasurá-lo com novas informações. Considerando que o seu serviço pode ser contratado pessoalmente, lembre-se que é essencial estar com o seu cartão de visita atualizado. Se algum dado mudou, edite o cartão e imprima novamente.

Entrega do cartão: Como fazer e qual o melhor momento?

Para que o seu contato com os clientes possa ser lembrado de forma positiva, é essencial saber como entregar o seu cartão de visita. Não há bem uma fórmula mágica por trás disso, mas lembre-se que é através dele que você pode ser encontrado posteriormente. Por isso nesse momento tão importante cabem algumas observações.

O cartão deve entregue virado de frente para quem o recebe, facilitando sua leitura. Quanto à hora certa de realizar essa ação, existem diferentes oportunidades de acordo com a sua rotina, mas supomos que o mais comum seja fazer a entrega em meio ao seu trabalho, principalmente ao atender novos clientes.

Levando em conta que esse contato acontece de forma informal, o melhor momento para fazer é oferecer o seu cartão ao cliente na saída, após o término do serviço, colocando-se à disposição para outras solicitações de forma natural, caso algum conhecido precise de indicação.

E ATENÇÃO: Para evitar que o cartão amasse ou fique sujo, é conveniente que os cartões sejam carregados em porta-cartões ou em locais de fácil acesso, que mantenham o material intacto.

De nada adianta preparar tudo e comprometer a sua credibilidade, transmitindo uma imagem de desleixo ou falta de organização.

Modelos de Cartão de Visita para o Técnico de Ar-Condicionado

Abaixo listamos cinco exemplos de cartões simples e que podem ser editados como imagens.
Para baixar o vetor é só clicar na imagem do seu preferido.

IMPORTANTE: Os arquivos para edição estão nos formatos AI e EPS, que abrem nos programas de edição Adobe Illustrator e Corel Draw.

Fonte dos exemplos de cartões: Vector Portal

Apesar de ser pequeno em sua aparência, viu como o cartão de visita pode ter um grande significado?

Esperamos que você siga nossas dicas e faça um ótimo trabalho. Caso lembre de algum conselho importante que tenha passado despercebido por nós, compartilhe com a gente através de um comentário.

Redação do Portal WebArCondicionado