Por Yuri Correa,
Redação do Portal WebArCondicionado
ar-condicionado-para-idosos

Quanto mais velho o nosso corpo fica, mais frágil ele também se torna. Quando ficamos idosos, os cuidados com alimentação e mesmo com a temperatura devem ser redobrados para manter a saúde e o bem-estar. E nessa tarefa, o Ar-Condicionado pode ter um papel importante, desde que seja usado com cautela, vamos descobrir como?

Os cuidados com os idosos

As pessoas mais velhas estão expostas a muitos riscos de saúde, e alguns deles estão relacionados com o ar-condicionado. Mas antes de qualquer coisa, vamos tirar esse mito da frente: ar-condicionado não faz mal aos idosos. Como em qualquer outra situação, ele deve ser usado com cuidado.

Abaixo vamos listar alguns riscos de saúde para pessoas idosas e, em seguida, vamos mostrar como o ar-condicionado pode diminuir essas ameaças, se bem utilizado.

O ar é um risco

O próprio ar é um risco para as pessoas muito idosas. Bactérias, poeira e fungos podem causar crises alérgicas ou desencadear inflamações respiratórias com facilidade.

Não tira o olho da temperatura

Todos nós ficamos mais saudáveis quando em ambientes de temperatura agradável. As pessoas idosas precisam disso ainda mais. Algumas têm problemas de circulação e não podem baixar a temperatura corporal, pois as extremidades do corpo ficariam ainda mais fragilizadas.

Além disso, passar frio faz com que as células consumam mais energia, e os idosos precisam de uma alimentação regulada para manter outras funções do corpo saudáveis.

Hidratação

Por outro lado, eles também não podem passar calor, ou se não sofreriam com a desidratação. Os sintomas da falta de água no sistema atingem os idosos mais rápido e com mais força.

Além disso, é comum que os idosos deixem de ingerir líquidos para não precisar ir ao banheiro urinar o tempo todo. Isso faz com que eles já estejam menos hidratados mesmo em temperaturas agradáveis.

banner-instalacao-manutencao-ar-condicionado-verde

Como o ar-condicionado pode ajudar?

Filtro de ar

O Ar-Condicionado é também um grande filtro de ar. Logo, o ambiente climatizado é também um ambiente com o ar mais limpo, livre de muitas das bactérias e impurezas suspensas que podem ser inaladas pelas pessoas.

Tenha cuidado!

O filtro do ar-condicionado deve ser limpo com regularidade de um mês nas estações de uso contínuo, e a cada dois meses nas estações em que ele estiver sendo pouco ou não usado.

Se essa limpeza não for feita, bactérias e fungos podem se formar no filtro e se espalharem pelo cômodo através do fluxo de ar do aparelho. Então faça a limpeza corretamente e com frequência ainda maior se o ambiente em questão for para o convívio de pessoas idosas.

Controlando a temperatura

A outra utilidade mais óbvia do ar-condicionado para cuidar da saúde de idosos é o controle de temperatura. Porém, ao contrário do que as pessoas estão acostumadas a fazer em casa, o ideal não é colocar o aparelho no máximo do frio e nem do quente.

Se estiver muito quente, podem acontecer problemas como o da desidratação, assim como se estiver muito frio, podem surgir problemas decorridos da circulação.

Esses problemas com o sangue e hidratação, inclusive, são especialmente preocupantes com pessoas idosas. Isso porque quanto mais velhos ficamos, nos tornamos mais propensos a infartos e AVCs. Pode parecer bobo, mas um ar-condicionado pode ajudar a evitar isso.

E você sabe que outros benefícios ou cuidados devemos ter com idosos e o ar-condicionado? Deixe suas dúvidas e sugestões nos comentários abaixo!