Atualizado em 05/03/2020 com informações enviadas pela ASBRAV
Redação do Portal WebArCondicionado

Você não vê muitas mulheres em setores mais técnicos como o da Climatização? Pois saiba que elas estão em peso na área buscando espaço e reconhecimento. E é sobre isso que vai falar o “Agora é Que São Elas – Mulheres no AVAC-R”, evento que está em sua 2ª edição e é promovido pelo SINDRATAR-SP e pelo ASHRAE Brasil Chapter.

A reunião irá acontecer no dia 10 de março em São Paulo. Desta vez, o evento acontece em parceria com a Fiesp e será parte do Elas na Indústria. E teremos a presença da ONU Mulheres, além de grandes empresas, que desenvolvem trabalhos sérios e importantes na área da diversidade.

(Veja abaixo o local como se inscrever GRATUITAMENTE).

Por que fazer um evento para mulheres?

O primeiro evento do setor na América Latina totalmente focado na participação feminina aconteceu em dezembro de 2018 na capital paulista. Reunindo profissionais, empresas e academias, os debates abordaram a presença das mulheres no mercado de trabalho e na qualificação profissional.

Segundo Carlos Trombini, presidente do SINDRATAR-SP, o primeiro encontro começou a tomar forma depois que o sindicato recebeu a visita de Carmosinda Santos, profissional técnica do setor e famosa nas redes sociais por seu grande conhecimento compartilhado.

Já para Bruno Martinez, presidente do ASHRAE Brasil Chapter, o evento é resultado de uma demanda da sociedade em geral: a valorização e inclusão da mulher em áreas historicamente dominadas pelos homens.

Vale lembrar que o “Agora é que são Elas” conta com o patrocínio de outras entidades e empresas. Veja no banner junto às participantes que irão palestrar:

agora-e-que-sao-elas-2-edição-mulheres-avacr

As mulheres no mercado de trabalho brasileiro

Segundo levantamento do IBGE, até 2013, as mulheres tinham 43% dos postos de trabalho formais no país. Uma diferença de apenas pouco mais de 1% se comparada a 2009, que tinha 41,9%. É um avanço muito pequeno para 4 anos. A mesma pesquisa mostra que as mulheres dominam o espaço apenas em instituições sem fins lucrativos ou cargos públicos.

Já a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) de 2016 informa que a média salarial das mulheres é mais baixa, e que os homens estão à frente na participação em quase todas as categorias de trabalho formal ou informal. A exceção fica por conta dos ambientes de trabalho doméstico e nos casos citados no parágrafo anterior, ONGs e serviço público.

Agora é Que São Elas – Mulheres no AVAC-R (2ª Edição)

Data: 10 de março de 2020 (terça-feira)
Horário: 19h
Onde: Salão Nobre da Fiesp (Avenida Paulista, 1313 – 15º andar – São Paulo – SP)
Inscrições: São gratuitas e devem ser feitas através deste formulário.