[ x ] Fechar

Você sabe quais são os tecidos mais adequados ao verão e ao inverno?

  • 04 de maio de 2015
  • 2 Comentários

Você sabe quais são os tecidos mais adequados ao verão e ao inverno?O verão tem sido extremamente quente em todas as regiões do Brasil. Porém, o inverno, apesar de não ser tão frio em alguns lugares, em outros, chega até nevar. Por esse motivo, o guarda-roupas dos brasileiros deve ser muito variado.

Existe uma infinidade de tecidos, que quando misturados, podem nos enganar facilmente. Por isso, o ideal é sempre verificar na etiqueta a composição do tecido, para que você não se engane e passe o maior calor com uma roupa que “parecia ser tão fresquinha”.

Mas quais são os tecidos mais aconselhados para se usar no calor? E quais os que mais esquentam o corpo?
O algodão, a viscose e o linho, estão entre os tecidos mais leves e confortáveis para se usar em dias quentes. Algumas misturas também podem ser ótimas opções para o verão, como a viscolycra, muito usada na confecção de saias e vestidos.

E quando você pensa em lã? Logo vem a sua cabeça um tecido quente e grosso, não é mesmo? Mas saiba que existem muitos tipos de lã, e nesse post vamos te mostrar que nem sempre a lã é para ser usada no inverno.

Veja os tecidos mais adequados aos dias quentes
Algodão: O algodão é o tecido mais leve e fresquinho. É uma fibra natural que deixa a pele respirar. É um material encontrado em vários outros tecidos, que veremos a seguir.

Algodão

Brim: O brim é um tecido de sarja, geralmente feito de algodão. Alguns possuem uma porcentagem de elastano. Não é muito leve, mas pode ser usado em peças para serem usadas no verão, como calças, bermudas, saias e vestidos.

Brim

Cambraia: Pode ser usado em roupas infantis e adulto, camisas e vestidos. É bem fininho e pode ser feito de algodão ou de linho. Os de algodão são transparentes. O de linho é mais pesado que o de algodão.

Cambraia

Cetim: O cetim pode ser feito com diversos tipos de materiais, os que são feitos com algodão e seda são leves e fresquinhos. Os de seda são levinhos, bons para roupas que ficam soltinhas no corpo, pois ele não é tão fresquinho quanto ao de algodão. Já os que são feitos de poliéster ou poliamida, são mais brilhosos (estilho fantasia de carnaval) e não tem bom caimento para roupas, têm toque seco e esquentam demais o corpo.

cetim

Crepe: Existem diversos tipos de crepe. Ele pode ser feito a partir de vários tipos de fibras e pode ser encontrado também em seda, algodão, poliéster, viscose. Um dos mais finos e fresquinhos é o Crepe Chiffon, ele é transparente e possui uma textura levemente enrugada. Os crepes feitos com fibra natural são os melhores. Mas se forem 100% poliéster ou outra fibra sintética serão quentes e sem bom caimento.

crepe

Laise: É um tecido macio que pode ser usado na confecção de camisas, vestidos, macaquinhos, saias, shorts, etc. Geralmente encontrado na cor branca, mas existem outras cores. Um estilo mais romântico e natural.

laise

Lã fria: Ela é feita com 100% de lã, mas adequada ao calor, boa para épocas e regiões com variações de temperaturas, como a região Sul. O tecido é feito a partir da composição de fios bem finos. Em suas etiquetas consta o nome “Super 100, 120, 150, 180”, e quanto maior o número, mais fino é o fio. É muito usado na confecção de ternos masculinos e femininos.

lã fria

Linho: Esse tecido é feito a partir da própria planta “linho” Possui um toque mais rústico e amassa com facilidade, mas esse é o charme dele. Geralmente as peças feitas com esse tecido possuem tom cru ou branco, mas hoje em dia já encontramos peças coloridas e vibrantes.

linho

Renda: Existem muitos tipos de renda, uns mais grossos e outros mais finos, e ela pode ser usada tanto no calor quanto no frio. Se a composição for totalmente sintética, ela dificulta a transpiração. Mas existe também seda de algodão e outros tipos mais macios e fresquinhos. Pode ser usada na confecção de vários tipos de peças. Com a seda podem ser feitas roupas casuais, românticas e sensuais, além de poder ser usada em roupas de festa.

renda

Sarja acetinada: Esse tecido é feito com 100% de algodão. Ele é um pouco mais fino que o brim. Tem um toque lustroso e um aspecto mais refinado. Ele não é um tipo de sarja (apesar do nome), mas possui semelhança à sarja comum por conta do peso. É bom para a confecção de calças e alfaiataria.
Seda: A seda é uma fibra natural usada na fabricação de vários tecidos. Existem algumas misturas de tecido que imitam a seda, essas não são tão fresquinhas, as variações artificiais e sintéticas mudam a textura do tecido.

Sarja acetinada

Tencel: Esse tecido é feito a partir da celulose da polpa de árvores. Possui uma maciez semelhante ao algodão com um toque de seda. As peças ficam com um caimento fluido das fibras de celulose e com um leve brilho. Ele é bastante resistente à umidade. Ótimo para Blusas e vestidos.

tencel

Tricoline: Esse tecido é feito de algodão e é um pouco mais pesado que a cambraia. Mesmo assim ele é leve, chamado em alguns lugares também de cetim de algodão. Em sua maioria ele é usado na confecção infantil e no vestuário feminino de verão. Os de melhor qualidade são usados na confecção de camisaria e vestidos.

tricoline

Viscose: A base da viscose é feita a partir da celulose, mas ela é uma fibra artificial. Os tecidos de viscose são leves, fluidos e fresquinhos, pois absorvem a umidade e a transpiração. O problema desse tecido é que ele amassa e encolhe facilmente.

Viscose

Viscolycra: é uma mistura de viscose com elastano (não com a Lycra®) Esse tecido tem um toque macio e consegue manter o corpo fresquinho, além de ser bem confortável e leve.

viscolycra

Tecidos mais adequados aos dias frios
Lã: Começamos com a lã, pois ela é a base de praticamente todos os tecidos de inverno. E como explicamos anteriormente, existem muitos tipos de lã. Mas aqui vamos falar da lã para o inverno. A lã é um tecido originado da fibra natural do animal. Pura, ela é macia e quente, para ser usada em dias frios. Ela possui boa elasticidade e resistência. É também um bom isolante térmico, pois ajuda a absorver a transpiração e a umidade. Da lã pura da ovelha, podem ser feitos vários tipos de tecido, que veremos a seguir.

lã

Cashemere ou Caximira: É também um tecido de lã. Ele aquece bastante, por isso é usado em casacos, cardigãs e pulôveres.

Cashemere ou Caximira

Challis: Esse já é um tecido mais suave e maleável, nem dá para perceber que é lã. Tem bom caimento para vestidos longos e também é uma ótima pedida para quem mora no Sul do Brasil, pois é bem quentinho, ótimo para confecção de echarpes.

challis

Crepe de lã: Esse tecido possui um bom caimento e por ser mais “nobre”, ele é muito utilizado em confecções de marcas famosas, em vestidos e trajes especiais de inverno. Ele não aquece tanto quando a flanela de lã.

crepe de lã

Flanela de lã: Esse tecido é bem quentinho e não amarrota muito. Pode ser fininho (geralmente usado em camisas) ou mais grosso, mas nas duas formas ele é muito confortável pois é maleável.

flanela de lã

Gabardine: Esse tecido é ideal para casacos e sobretudos para serem usados em locais muito frios, como no Sul do Brasil. Além disso, a água da chuva não penetra facilmente nele.

gabardine

Lã Mohair: A famosa lã felpuda. Esse tecido pode ser muito ou pouco felpudo e é ótimo para confecção de casacos sofisticados.

Lã Mohair

Lã Escocesa: Esse é o tecido das saias escocesas, geralmente são xadrez ou listrados. Ele é bem quente e pode ser usado em vários tipos de peças, como casacos, cachecóis, blusas e até mesmo em vestidos e saias.

Lã Escocesa

Lã mista: Esse tecido é a mistura da lã geralmente com poliéster, parecido com a lã escocesa. Se ele for feito com o começo do pelo da ovelha, ele possui uma textura bem diferente do feito com o final do pelo. A textura depende muito da trama e do tipo da ovelha, mas ele é sempre 100% lã.

Lã mista

Tweed: Esse tecido é muito sofisticado e também aquece bastante. Pode ser encontrado em diversas espessuras. As peças devem ser confeccionadas com forro de poliéster pois é um tecido que “pinica” a pele.

Tweed

Veludo: Esse é um tecido bem antigo, que foi muito utilizado nas confecções europeias nos séculos XIV e XV. Ele é muito macio e brilhoso. Seus pelos são curtos e densos, por isso são ideais para serem usados nos dias mais frios.

veludo

E então? Já sabe quais os tecidos que vai preferir no verão? E no inverno, qual você prefere?

Leia também: A influência das cores na temperatura

Redação do Portal WebArCondicionado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 Ideias sobre "Você sabe quais são os tecidos mais adequados ao verão e ao inverno?"

    • Olá Eu,

      somos um portal de climatização, o texto acima é para informar aos leitores quais os tecidos mais adequados para os dias frios ou quentes. Para informar a origem dos tecidos ou como eles são fabricados, teríamos que fazer um estudo mais aprofundado que fugiria um pouco do nosso segmento.

      Agradecemos o seu contato.