Que tal tirar água do ar? Literalmente, do ar. Essa é a ideia por trás do GEN-350, invenção de uma empresa israelense que transforma a umidade do ar em água potável. Apresentado em Hanói, capital do Vietnã, em comemoração aos 25 anos de diplomacia entre o país e Israel, o aparelho consegue produzir e armazenar até 600 litros de água por dia. Saiba como ele funciona:

Conheça o GEN-350

A empresa é a Watergen, e seu equipamento opera da seguinte maneira: uma abertura suga o ar para dentro de um filtro que o resfria até que a umidade nele fique condensada. Aí é feita a separação da água do restante do ar, e o líquido passa por um processo de limpeza e mineração, tornando-se potável. Durante a apresentação no Vietnã, o presidente da Watergen destacou que a máquina funciona ainda melhor lá do que nos testes em Israel, devido à grande concentração de umidade de ar no outro país.

A invenção vem em vários tamanhos e ideias para o futuro

A unidade em exposição na cidade de Hanói é um presente da Watergen para o Comitê Popular de Hanói, e é de porte médio. A empresa ainda fala em unidades maiores que podem produzir até 5000 litros de água por dia, e outras menores com capacidade para até 30 litros. Essas últimas, inclusive, deverão ser acopladas em veículos de transportes públicos, usando o próprio motor dos automóveis para abastecer a parte elétrica, e gerando água em qualquer lugar. Os custos podem variar, a unidade em Hanói está avaliada em US$ 30 mil, mas a empresa diz que as menores devem custar em torno de US$ 17 mil.

As unidades já foram pensadas para a instalação no alto de prédios, funcionando como caixas d’água atmosféricas. A única exigência é a adequação necessária entre a Genny (apelido do GEN-350) e o sistema elétrico e as tubulações do edifício. O equipamento está sendo utilizado em testes na Índia, Estados Unidos, América Latina, China, Rússia e vários países africanos onde a escassez de água é um problema.

Leia também: Ar-condicionado à base de água, ecológico e econômico é desenvolvido

A ameaça da seca

O próprio Vietnã é um país que sofre com secas e a baixa qualidade da água encanada. O Aquecimento Global atinge o oriente com estiagens e o rápido degelo das montanhas no centro do continente, cujos afluentes formam rios responsáveis por abastecer de água doce mais de um terço da população mundial. Ainda não foram calculados os impactos ambientais que a Genny pode ter na atmosfera dos locais em que estiver em pleno funcionamento, afinal, certo nível de umidade no ar é necessário, especialmente em ambientes como as florestas tropicais, onde a vegetação e a fauna dependem de climas úmidos.

Redação do Portal WebArCondicionado.