[ x ] Fechar

Frio intenso na Região Sul pode congelar aparelhos de ar condicionado

  • 08 de junho de 2012
  • 4 Comentários

Atualizado em 24/07/2013

O inverno costuma ser rigoroso na Região Sul, onde as temperaturas podem ficar negativas. Diante do frio intenso, várias pessoas relatam que os aparelhos de ar condicionado split com o ciclo quente não estariam dando conta de aquecer o ambiente.

Isso geralmente acontece porque temperaturas muito baixas diminuem a capacidade do ar condicionado de transformar o ar frio em ar quente, e cristais de gelo começam a ser formados (quando há muita umidade). Com isso, o compressor do equipamento desliga e fica funcionando somente a parte de ventilação.

Nós já explicamos neste post como funciona um split. Agora que você já sabe, fica mais fácil compreender o por quê do congelamento. Poucos condicionadores de ar comercializados no Brasil são fabricados para suportar temperaturas muito baixas: geralmente funcionam normalmente até – 4° C. Quando a temperatura externa fica abaixo disso, o ar quente que deveria ser jogado para fora pelo aparelho está mais frio que o ar exterior, e isso acarreta no congelamento das serpentinas e hélices do ventilador. Ainda que seja recomendado ligar o ar-condicionado mesmo no inverno para evitar danos ao aparelho, algumas cidades brasileiras, principalmente do Sul do Brasil, não consegue utilizar o mesmo quando as temperaturas ficam muito rigorosas.

Cambará do SulNa maioria das vezes o usuário deduz que ocorreu algum defeito e acaba desligando o aparelho. Esse procedimento interrompe o funcionamento do sensor degelo, ocasionando um tempo bem maior no processo de descongelamento. A solução é esperar a temperatura subir um pouco para que o degelo ocorra naturalmente.

Infelizmente não existe nenhuma “saída” para fazer o aparelho voltar a funcionar normalmente. Quando a temperatura na rua for muito baixa, não é aconselhado tentar esquentar a parte externa (com bolsas de água quente, chaleiras e panos) a fim de faze-lo funcionar. Isso pode afetar o ar-condicionado. Os técnicos recomendam esperar o frio intenso cessar.

Outra saída seria trocar o seu ar condicionado por outro capaz de suportar temperaturas de -10 °C, até que comece a congelar a parte condensadora. O modelo Hero Inverter da LG, por exemplo, suporta temperaturas de -10 °C.

Texto criado exclusivamente pelo setor de jornalismo do portal
WebArCondicionado. Com informações de G1 e Asbrav.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

4 Ideias sobre "Frio intenso na Região Sul pode congelar aparelhos de ar condicionado"

  • Comprei um ar condicionado philco 12000 btus quente frio mas não consigo acionar função heat. No controle essa opção pula quando chega sua vez. O parelho esquenta somente na função auto.
    Mandei email pro site mas não me responderam. Desconfio que veio o controle remoto trocado, de um modelo que possua apenas função frio.

    • Olá Adolfo,

      há uma chance bem pequena de ser esse o problema. O ideal é contatar a fabricante e solicitar a visita de um técnico credenciado, pois se o problema for no aparelho, você pode acionar a garantia. Veja aqui como falar com a Philco.

      Obrigado pelo contato.

  • Olá! Tenho dois splits em casa, um de 7500 marca Confee e outro de 12000 da Consul, ambos de ciclo quente/frio. O caso é que ligamos os dois nos dias mais frios para aquecer a casa, porém o Consul em dias mais frios (temperaturas abaixo de 10°C) congela a unidade externa se ligado por algumas horas. O Confee pode ficar ligado direto que não acontece o mesmo. Eles estão instalados em locais diferente, cada um com suas particularidades. O Consul não congela quando ligado na refrigeração. Ah, também notei que ele parece não acionar a hélice quando está ligado no aquecimento.
    Alguma ideia do que pode estar acontecendo?