ar condicionado automotivoSim. Ter um carro fresquinho no calor do verão custa mais gasolina no final das contas. Por isso, neste post, reservamos algumas dicas para aumentar a eficiência do sistema geral do carro e economizar combustível.

Funcionamento
Ao ligar o ar-condicionado, o compressor é ativado que atua no gás refrigerante do sistema. Neste momento, a injeção aumenta a rotação do motor para compensar a marcha lenta e a velocidade perdida. Em função do trabalho do compressor, este processo demanda uma quantia maior de gasolina.

Consumo
O ar condicionado, quando ativado, gasta em média 10% mais combustível. Em alguns casos este percentual pode atingir até 20%, quando utilizado na potência máxima, dentro da cidade e nos dias de calor extremo, por exemplo.

Ares condicionados digitais gastam um pouco mais do que os tradicionais. Isto ocorre porque o mecanismo atinge a temperatura selecionada mais rapidamente, exigindo mais  do sistema.

Cuidados
Limpar os filtros e higienizar a serpentina também é obrigatório em sistemas automotivos. A cada seis meses faça este procedimento em empresas especializadas. Isto previne doenças, remove o mau cheiro do ar, aumenta a potência de resfriamento/aquecimento e, por conseqüência, gasta menos combustível.

Dicas
-Na zona urbana, sempre que puder, opte pelos vidros abertos. Ou então, se a questão for segurança, utilize o ar condicionado na potência baixa, visto que o consumo na cidade é maior pelos inúmeros arranques e paradas.

-Quando o carro estiver fechado em dias muito quentes, não ligue o ar condicionado imediatamente. Primeiro abra as janelas para o ar quente circular, enquanto o automóvel anda os primeiros movimentos. Isso irá facilitar o trabalho do ar condicionado.

Autoestrada
Em altas velocidades, é aconselhado que o carro circule com os vidros fechados para manter sua aerodinâmica na pista. Com os vidros abertos, o automóvel gasta mais gasolina para manter a estabilidade necessária. Por isso, com ar condicionado ligado ou com vidros abertos o gasto é o mesmo. Dentre as duas opções é preferível vidros fechados e ar ligado, a fim de evitar impurezas que entram no carro, sujando os estofados e forro do teto.

Mitos
Dar partida no carro com o ar condicionado ligado é permitido, desde que este seja original de fábrica. O motivo é por que existe gerenciamento eletrônico do compressor com o sistema do veículo, o que não ocorre em sistemas adaptados.

O desempenho do ar ligado é relacionado às cilindradas do carro. Quanto menor a potência do automóvel, maior a interferência do ar condicionado. Em alguns carros, a própria unidade de comando desliga o dispositivo para melhorar o desempenho.

Ar condicionado automotivo e o consumo de combustívelDuas opções de ar
Quando selecionada a opção de “ar interno”, este tem maior eficiência seja no resfriamento quanto no aquecimento, pois o sistema utiliza o ar já trabalhado. Esta escolha é indicada em zonas urbanas.

Já em autoestradas, onde os passageiros passam mais tempo dentro do carro, recomenda-se a opção “ar externo”, renovando o ar do carro.

Redação do Portal WebArCondicionado.