MIJIA Fresh Air Conditioner Pro vem com tecnologia de raios ultravioleta (UV-C) para eliminar impurezas

 Xiaomi MIJIA Fresh Air Conditioner Pro

O novo dispositivo da fabricante chinesa vem com três funcionalidades: ar-condicionado, circulador e purificador de ar./Imagem: Xiaomi

Com a pandemia do Coronavírus, um dos assuntos mais discutidos é a climatização de ambientes internos. Nos dias de temperaturas mais frias ou amenas, o cuidado com a purificação dos locais de uso compartilhado, por exemplo, é super importante. Isso porque a eliminação de impurezas, tais como vírus, fungos e bactérias, permite que as pessoas respirem melhor.

Diante deste contexto, diversas fabricantes do mundo têm desenvolvido tecnologias focadas em equipamentos para purificação de ar. Uma dessas é a empresa chinesa, Xiaomi, que lançou o MIJIA Fresh Air Conditioner Pro. O ar-condicionado possui raios ultravioleta, UV-C, para eliminar impurezas.

Com a tecnologia, o equipamento promete retirar até 99,9% de sujeiras suspensas no ar. Assim, você pode ter à disposição um purificador de ar bem potente. Contudo, o dispositivo deve ser usado com cuidado para eliminar o novo Coronavírus. Como a funcionalidade depende de diversas variáveis do ambiente, pode ter o desempenho prejudicado.

Dispositivo da Xiaomi possui três funções

O novo dispositivo da fabricante chinesa vem com três funcionalidades: ar-condicionado, circulador e purificador de ar. Desta forma, as três funcionalidades têm o objetivo de manter a qualidade do ar no cômodo. Mais um ponto destacado do aparelho é a economia. Comparado aos modelos convencionais, promete economizar 41% no consumo de luz.

Veja abaixo como é o funcionamento do equipamento:

  • Função de ar-condicionado convencional com economia de energia;
  • Modo de ventilação: turbinas duplas diminuem a temperatura do ambiente;
  • Purificador de ar: a tecnologia de raios ultravioleta vai limpar as impurezas do ar.

O MIJIA Fresh Air Conditioner Pro da Xiaomi é comercializado desde o dia 2 de abril por 3.599 Yuan – R$ 3,1 mil reais na conversão. Infelizmente, não há previsão de lançamento do dispositivo no Brasil.

Redação WebArCondicionado – Com informações do portal Techtudo