Redação WebArCondicionado com informações dos portais Guia de Floripa e Ciram.


Florianópolis, capital de Santa Catarina, é considerada uma das cidades mais bonitas do Brasil e encanta por vários fatores como suas praias, pontos turísticos e pela simpatia de seus moradores. Outra vantagem de Floripa, como é carinhosamente chamada, é ter as quatro estações do ano bem definidas e chuvas bem distribuídas, o que a torna atrativa o ano inteiro, já que oferece opções para qualquer tipo de clima.

O verão, que começa no próximo dia 21, costuma ser quente e úmido, com sol forte e temperaturas acima de 30 graus. Mesmo nos dias de céu limpo, as tempestades são frequentes, mas passageiras, o que muitas vezes provoca um alívio na sensação de calor no fim de tarde.

O outono é caracterizado pela oscilação de temperatura com manhãs e noites mais frescas e tardes mais quentes. A chuva não se faz tão presente.

Já o inverno na capital catarinense é sinônimo de frio, com os termômetros marcando, em média 10 a 15 graus.
Na primavera, as temperaturas começam a subir e é na estação das flores que costuma chover com mais intensidade, principalmente entre os meses de setembro e novembro.

E neste verão de 2020, como deve ser?

De acordo com o Ciram – Centro de Informações de Recursos Ambientais e de Hidrometeorologia de Santa Catarina – a chuva deve ser acima da média na segunda quinzena de dezembro e nos meses de janeiro e fevereiro. Neste período, a média mensal de chuva para a Grande Florianópolis é de 150 a 230 milímetros.
Em relação à temperatura, a previsão é próxima à média, com calor típico da estação. Em dezembro ainda podem ocorrer episódios isolados com temperatura mais baixa na madrugada e amanhecer.