Atualizado por Yuri Correa em 11/12/2019
Redação do Portal WebArCondicionado

As cores que enxergamos são formadas pelos raios de luz que os objetos não conseguem absorver. Ou seja, se nós vemos um tecido azul, isso é porque aquele tecido absorve todas as outras cores, menos o azul.

E como cada cor tem uma intensidade de calor (uma frequência), algumas acabam sendo mais quentes ou mais frias do que outras. Hoje vamos entender como descobrir quais aquecem e resfriam mais, leia abaixo!

Luz, cor, energia e calor

Primeiro, precisamos recapitular alguns detalhezinhos:

  • A luz é branca, ela é formada por todas as cores visíveis. A soma de todas as cores é igual a branco;
  • A luz é formada por ondas, cada frequência de onda representa uma cor que podemos enxergar;
  • Quanto mais baixa a frequência, menos energia tem a onda, quanto mais alta, mais energia;
  • Quanto mais energia tem a onda, mais calor, quanto menos energia, menos calor;

Temperatura das cores

Ok, agora que revisamos essa matéria lá do tempo das aulas de ciências na escola, vamos lembrar que as cores visíveis vão do vermelho ao violeta. O vermelho é a frequência mais baixa da luz, e a violeta a mais alta.

Ou seja: teoricamente, o vermelho é a cor que mais absorve calor, porque joga fora apenas a frequência mais baixa (menos quente), enquanto o violeta é a que menos absorve calor, pois joga fora a frequência mais alta (mais quente).

A título de curiosidade, a faixa de luz vermelha tem uma frequência que varia entre os 405 e os 480 THz (Terahertz), enquanto a violeta varia entre 680 e 790 THz. Com isso, você pode deduzir que, quanto mais perto do violeta, mais quente é a cor, e quanto mais perto do vermelho, mais fria é a sua temperatura.

A ordem das cores mais frias até mais quentes é a seguinte:

  • Vermelho (405 – 480 THz)
  • Laranja (480 – 510 THz)
  • Amarelo (510 – 530 THz)
  • Verde (530 – 600 THz)
  • Ciano (600 – 620 THz)
  • Azul (620 – 680 THz)
  • Violeta (680 – 790 THz)

Antes do vermelho estão as ondas infravermelhas, e depois do violeta estão as ultravioletas, invisíveis ao olho nu. Ondas com muita energia e calor são consideradas radioativas, e já falamos mais sobre radioatividade aqui.

Cores frias

Ok, então, se uma coisa é azul, ela vai ficar mais quente e se é vermelha, mais fria, isso?

Calma aí, não é tão simples assim. Lembre-se: enquanto nós enxergamos uma determinada cor, todas as outras é que são absorvidas pelo material. Logo, se você enxerga violeta, é a energia mais baixa de todas as outras cores que estão esquentando aquele material.

Por isso, apesar de terem uma frequência mais quente, cores de alta frequência geram materiais mais frios.

Cores quentes e frias

E se o violeta é a cor mais quente do espectro visível, então o material vai estar absorvendo todas as outras mais frias. Ou seja, um material vermelho tende a estar mais aquecido do que um material azul ou violeta, pois ele tem mais energia sendo absorvida. Entendeu a lógica?

banner-instalacao-manutencao-ar-condicionado-verde

Preto e Branco

O preto e o branco são casos específicos pois eles são extremos opostos. Fora do espectro de cores visíveis, o preto absorve todas as cores, e por isso ele é a tonalidade que mais absorve calor.

Já o branco reflete todas as cores, então quase não absorve calor nenhum. Apesar disso, quem pensa em usar roupas brancas para se livrar do calor, precisa levar em conta que essa tonalidade joga fora todas as frequências de cores, ou seja, ela joga todo o calor fora.

Então, se as roupas pretas ficam aquecidas com mais facilidade, as brancas também podem causar bastante desconforto pois elas jogam o calor para todos os lados, inclusive na direção do seu corpo. 

Para o resto das opções, é só lembrar da lógica das cores frias e das cores quentes, escrevemos bastante sobre elas aí nesse link. E se ainda assim tiver dúvidas ou sugestões sobre qual cor é mais ou menos quente, deixa aqui nos comentários!