Redação do WebArCondicionado

O impacto econômico nas bolsas de valores, devido a pandemia do novo Coronavírus (Covid-19), segue variando a cotação do dólar. Enquanto estamos escrevendo esse texto, a moeda norte-americana chegou em R$5,59.

Setor de ar-condicionado retarda repasse da alta do dólar ao consumidor

Os consumidores de forma geral vêm percebendo que essa movimentação no câmbio interfere em sua rotina, como o preço de produtos em supermercados, farmácias, entre outros. Para o setor de eletrônicos, assim como o ar-condicionado, que importam algumas peças há esse impacto também.

Segundo o Instituto de Estudos para o Desenvolvimento Industrial, (IEDI), 22,3% dos insumos usados na produção industrial brasileira são importados.

Estoques de produtos conseguem segurar a alta nos preços

Mesmo com a alto do dólar, ainda é possível encontrar aparelhos de ar condicionado custando menos de mil reais (pesquisa de preços realizada no dia 26/04/2020).

 

Confira no comparador de preços do WebArCondicionado os aparelhos mais baratos do mercado.

Lojas que conseguiram adquirir um bom estoque antes da disparada dos preços estão conseguindo manter boas promoções, porém mudanças podem ocorrer nas próximas importações de produtos e peças, caso o dólar siga aumentando.

Boletim Focus projeta dólar a R$4,80 ao final do ano

No último dia 20 de abril o Banco Central do Brasil (BC) divulgou o Boletim Focus, relatório de mercado publicado semanalmente com as previsões de cerca de 100 (cem) analistas financeiros, representando as principais instituições financeiras do Brasil, sobre diversos indicadores da economia brasileira.

A projeção para o câmbio no final do ano subiu de R$4,60 na semana anterior para R$ 4,80.

Diante de tantas imprevisões sobre o rumo da economia, nunca foi tão importante comparar preços.

Nós queremos saber, como os consumidores e os instaladores vêm observando os preços praticados em nosso setor? Deixe seu comentário abaixo. Até a próxima!