Atualizado por Yuri Correa em 07/11/2019
Redação do Portal WebArCondicionado

As meias serão fabricadas, essencialmente, para Alemanha e para os países nórdicos. A fabricante têxtil portuguesa Faria da Costa, lançou em meados de 2015 na Techtextil daquele ano, na Alemanha, uma solução de aquecimento para os pés que a empresa vinha desenvolvendo no Centro Tecnológico das Indústrias Têxtil e do Vestuário de Portugal, em Famalicão.: uma meia aquecida.

Isso mesmo, meias com aquecimento próprio!

Quem pode ter as meias aquecidas?

As meias são fabricadas e exportadas para Alemanha e para os países nórdicos. Os primeiros 100 pares foram enviados para a Dinamarca e para a Suécia, e em Portugal elas são comercializadas apenas para fins medicinais. O diretor geral da empresa, Nuno Costa, explica:

“Há três anos, o nosso volume de vendas foi muito superior, mas tivemos uma quebra devido às condições climáticas, porque os invernos nos nossos principais mercados foram muito menos frios do que o habitual.”

De acordo com Costa, a ideia de criar as meias aquecidas surgiu ao conversar com um cliente estrangeiro que disse não conseguir assistir a um evento de rali na Suécia por causa do frio que sentia nos pés.

Empresa portuguesa lança meia com sistema de aquecimento para os pésComo funciona o sistema

As meias possuem um sensor na zona da planta dos pés e duas baterias semelhantes às de um telefone celular que são colocadas na parte que cobre o tornozelo e são quase imperceptíveis. “As baterias têm uns quatro centímetros de altura, quase não se notam, não são minimamente incomodas”, garantiu Costa.

O sistema possui três níveis de temperatura, que podem ser acionados de acordo com a necessidade da pessoa, (assim como esta camisa que já noticiamos aqui no blog). E a medida que a temperatura dos pés diminui ou aumenta, a meia emite mais ou menos calor. Com elas é possível manter os pés aquecidos entre 8 e 16 horas sem ter que recarregar as baterias.

O preço médio de fábrica de uma meia na Faria da Costa, em reais é de R$5,22, mas com o sistema de aquecimento, ela passa para R$174,11.

Empresa estuda implantar também GPS nas meias

A Faria da Costa está estudando uma forma de implantar, além do sistema de aquecimento, um sistema de GPS nas meias, especialmente para Alpinistas. Pois apesar de poder usar GPS durante a prática do esporte, em casos de queda ou avalanche, o aparelho  pode desprender-se do alpinista e cair facilmente, uma meia não. Ele explica:

 “Uma meia dificilmente sai dos pés, mesmo em caso de queda. E, em caso de catástrofe maior, se o dispositivo estiver devidamente programado será mais fácil prestar socorro.”

Até a última atualização dessa postagem, as meias com aquecimento da Faria da Costa ainda não tinham chego ao mercado brasileiro.

E você, o que achou da ideia?