Redação WebArCondicionado

Não é novidade que o ar-condicionado no carro deixou de ser um luxo e que dá um conforto térmico muito grande. Só que muitos motoristas se preocupam com o aumento do consumo de combustível que a climatização pode trazer. E alguns preferem desligar a refrigeração e abaixar os vidros, mesmo em dias mais quentes.

É verdade, sim, que o sistema de ar-condicionado faz o veículo consumir mais. Mas você sabia que, com as janelas abertas, dependendo da situação o gasto pode ser ainda maior?

Isso porque os carros têm um desempenho aerodinâmico muito melhor com os vidros fechados, porque assim correm com menos atrito do ar. E, quanto mais atrito (quando as janelas estão todas abertas, por exemplo), maior o consumo de combustível.

Uma estimativa geral é que um carro gaste 10% a mais de combustível com ar-condicionado ligado em baixa potência. Se estiver em uma potência muito alta, o sistema de climatização pode levar ao aumento de 20% no consumo.

Já com as janelas abertas, um veículo passa a gastar 14% a mais de combustível, em média, quando passa dos 60 km/h. E esse gasto vai aumentando quanto maior a velocidade. Os dados são da Sociedade de Engenharia Automotiva (Society of Automotive Engineers), dos EUA.

Ou seja, mesmo olhando só para o consumo de combustível, ligar o ar-condicionado na estrada é mais econômico do que andar de janelas abertas.

Isso sem contar que fechar os vidros também ajuda muito a diminuir a poluição sonora e a entrada de impurezas do ar dentro do carro. E ainda dá mais privacidade e sensação de segurança para quem está no veículo.

Porque o ar-condicionado exige mais do motor do carro?

O maior consumo de combustível pelo carro com a climatização ligada acontece por conta da força extra que o motor precisa fazer para ligar o compressor do ar. É por isso que, em alguns carros, dá pra perceber com certa facilidade a diminuição da potência do motor quando o ar-condicionado está ligado.

Existem até alguns veículos com sistemas mais inteligentes que, quando o veículo precisa de mais força de arranque (em uma subida ou em uma ultrapassagem, por exemplo), diminuem temporariamente a potência do compressor do ar.

Dicas para usar o ar-condicionado na cidade e gastar menos

Você já sabe então que, na estrada, não vale abaixar as janelas para diminuir o consumo de combustível. Mas como continuar usando o ar-condicionado na cidade sem aumentar muito o gasto?

– Opte por usar sempre o ar-condicionado na menor potência possível para o seu conforto e dos demais passageiros. Assim o aumento do consumo será mínimo e o benefício da climatização vai compensar.

– Quando entrar no veículo e ele estiver muito quente, evite ligar o ar-condicionado imediatamente. Abaixe os vidros antes, deixe circular um pouco de ar e só então ligue a refrigeração.