Redação WebArCondicionado

Fantasias “assustadoras”, maquiagem de vampiro ou de zumbi, decoração cheia de abóboras, doces ou travessuras. Já faz algum tempo que as festas de Halloween caíram nas graças do brasileiro.

O dia das bruxas tem uma origem curiosa. Desde o século 18, historiadores apontam para um antigo festival pagão ao falar da origem do Halloween: o festival celta de Samhain, termo que significa “fim do verão”, durava três dias, começava em 31 de outubro e era uma homenagem ao “Rei dos Mortos”.

A história do Halloween moderno

Especialmente em 1845, durante o período conhecido como a “Grande Fome”, houve uma intensa imigração de irlandeses aos Estados Unidos (estima-se por volta de 1 milhão) levando junto suas tradições. As primeiras referências ao Halloween apareceram na América pouco depois disso.

Foi entre os americanos que a abóbora se tornou símbolo da festa. A tradição moderna de “doces ou travessuras” também apareceu neste país.

Hoje, o Halloween é o maior feriado não cristão dos Estados Unidos.

Alguns reagiram contra a influência desta tradição americana por aqui e promoveram um resgate de elementos da tradição folclórica do Brasil. Em 2003, foi aprovada a Lei nº 2.762, que determina o dia 31 de outubro como o Dia do Saci, para celebrar o folclore brasileiro.