Redação Portal WebArCondicionado

Os fluidos refrigerante com baixo GWP (sigla em inglês para Potencial de Aquecimento Global) são importantes na redução do impacto da refrigeração e do ar-condicionado ao meio ambiente, mas não deve ser negligenciada a melhoria da eficiência do sistema.

Consumo de energia x Potencial de Aquecimento Global

De acordo com Jordan Smith, diretor executivo da GlobalFact, o Fórum Global para Tecnologias Climáticas Avançadas, “não há dúvida de que o GWP é importante e que a indústria deve apoiar todos os esforços para inventar e testar novas soluções de baixo GWP. No entanto, o GWP não é a única peça da equação do impacto do carbono. Toda a cadeia deve se concentrar em melhorar a eficiência do sistema, incluindo a redução de vazamentos”.

Leia mais: O que é eficiência energética?

Gerenciamento de vazamentos e alta eficiência seriam ótimas soluções

Jordan Smith

“O refrigerante GWP só é prejudicial ao meio ambiente se vazar. Se não vazar, o GWP de um refrigerante não terá nenhum impacto ambiental. O que importa mais, e independentemente da taxa de vazamento, é o consumo de energia. Para sistemas residenciais, os vazamentos são responsáveis por até 3% do impacto ambiental total de um sistema. As emissões indiretas do consumo de energia são responsáveis por 97% ou mais”, diz Smith.

A redução de vazamentos está ligada à eficiência do sistema. Um sistema com vazamento que contém menos do que uma carga completa funcionará com menos eficiência.

Para Jordan Smith, “sistemas ineficientes consomem mais energia, resultando em aumento das emissões de carbono equivalente. Simplificando, o aumento da eficiência de um sistema de baixo vazamento vai muito mais longe na redução do impacto do carbono do que simplesmente mudar para um refrigerante com GWP inferior”.

Leia também: Gás Refrigerante R-32: Ar-Condicionado e Aquecimento Global

Má instalação ajuda no aquecimento global

Conforme Smith, “sistemas HVACR mal instalados perdem até 40% de sua eficiência esperada, já que o impacto climático dessa instalação ruim é o dobro do impacto de um sistema instalado corretamente, que vazou 100% do refrigerante, independentemente do GWP do refrigerante”, diz Smith.

Vale lembrar que sem os cuidados adequados, os vazamentos podem piorar. Esses cuidados são fundamentais para a redução das emissões diretas e também as emissões indiretas através do aumento da eficiência do sistema.

Comente abaixo se você concorda com as questões abordadas. Até a próxima!