Redação Portal WebArCondicionado

Pedro Moro, presidente da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), afirmou na última segunda-feira que a utilização do ar-condicionado em trens é mais eficiente contra a disseminação do coronavírus do que manter o meio de transporte com janelas abertas.

Os filtros são os principais motivos para essa afirmação

Segundo Pedro, “os diversos filtros que o ar-condicionado possui são muito mais eficientes na renovação do ar do que a janela aberta, uma vez que o vírus pode se espalhar de uma maneira mais fácil com a circulação do ar livre. O ar-condicionado com os filtros ajuda a situação do ar de uma maneira mais eficaz”.

“Todas nossas ações são realizadas em conformidade com o Comitê de Prevenção ao Coronavírus. Não podemos fazer nada da nossa cabeça. Temos que estar embasados cientificamente para sermos eficazes”, disse o presidente da CTPM.

Leia todas as matérias sobre coronavírus e o setor de ar-condicionado

Qualidade do ar é essencial para o cuidado com o Covid-19

Conforme a ABRAVA (Associação Brasileira de Ar Condicionado, Refrigeração, Ventilação e Aquecimento), itens como a renovação do ar, filtragem, controle de temperatura e umidade e o monitoramento da qualidade do ar são determinantes para que seja garantida a qualidade do ar que respiramos.

Como o vírus se propaga através de gotículas suspensas no ar, ambientes sem climatização, ventilação ou sem a manutenção necessário dos equipamentos se tornam prejudiciais à saúde de todos presentes no local.

Leia mais: Dicas de Quarentena

Comente abaixo o que você achou dessas informações. Queremos saber sua opinião. Até a próxima.