Por Gabriela Giacomini,
Redação do Portal WebArCondicionado

1-Daikin-Training-Center

No dia 11 de julho de 2019, a Daikin inaugurou seu Centro de Treinamento no Brasil, o Daikin Training Center, localizado em São Paulo. Com investimentos de 2 milhões de dólares, a fabricante de origem japonesa espera treinar cerca de 3 mil pessoas por ano.

Cerca de 100 convidados estiveram presentes no evento de inauguração, entre instaladores, distribuidores, mantenedores e usuários finais. Nomes importantes como Tomoji Miki, Presidente da Daikin Brasil; Yoshihiro Mineno, Diretor Executivo Sênior da divisão de Operações Globais; Genivaldo Rosa, Gerente de treinamento do Daikin Training Center; também compareceram na cerimônia, além de diretores e executivos da empresa.

Quer saber mais sobre essa oportunidade oferecida pela Daikin?

Conhecendo o Centro de Treinamento 

Trata-se do 30º Daikin Training Center, edificado no bairro da Barra Funda, com 2.100 m² de área construída, dedicada aos treinamentos técnicos e comerciais. Segundo a fabricante, o espaço foi desenvolvido para receber cerca de 160 alunos por dia, todos os dias, das 8h30 às 17h30, de segunda às sextas-feiras.

O Centro de Treinamento, que conta com 8 professores habilitados, é composto por três andares, divididos em laboratórios para treinamentos dos produtos, desde equipamentos residenciais, até os de grande porte como Chillers, passando pelos Splits, Multi Splits, Sky Air e VRV Fit/Inova e Twin Sky; Serviços e Espaço Brasagem. 

Também há 4 salas de aula ; Espaço Automação com treinamento direcionado à IoT (Internet das Coisas), integrado às utilidades como iluminação e ar-condicionado; além de uma Biblioteca. 

  • Leia no final do texto sobre a duração dos cursos e como se inscrever

Foco na instalação e no R32

Para Tomoji Miki, Presidente da Daikin do Brasil, o Centro de Treinamento no Brasil é um grande marco para a Daikin e expressa o desejo de mudança do mercado.

“No Brasil, as pessoas ainda não conseguem entender as vantagens ao comprar produtos de boa qualidade. Queremos elevar o nível, garantindo que as instalações de ar-condicionado tenham o máximo de eficiência e qualidade”, justifica Miki, falando também sobre a importância do trabalho dos instaladores e informando que o centro irá capacitá-los a utilizarem o fluido refrigerante R32 nas operações. 

Yoshihiro Mineno, diretor executivo sênior da divisão de operações globais, também reforça o incentivo ao uso desse refrigerante: “A partir de 2021, ofereceremos equipamentos compactos utilizando o R32. Esse fluido permite a compactação do equipamento e até lá teremos tempo de treinar e familiarizar os técnicos sobre esse novo fluido refrigerante, através de suas características, que substituirá o R410A, passando a utilizar um único fluido”, explica Mineno, contando então que até 2021 a Daikin irá treinar os técnicos para estarem aptos à troca de fluidos nas máquinas. 

Tomoji Miki_Genivaldo Rosa_Yoshihiro Mineno

Da esq. para dir.: Tomoji Miki, Presidente da Daikin Brasil; Genivaldo Rosa, Gerente de Treinamento do Daikin Training Center; e Yoshihiro Mineno, Diretor Executivo Sênior da divisão de Operações Globais. Fotos: Divulgação Daikin

O representantes da Daikin no País também comentam sobre a necessidade de qualificação fora das grandes capitais. “Em cidades grandes como São Paulo, por exemplo, é possível conseguirmos um padrão adequado de qualidade de instalação. Porém, quanto mais vamos para o interior do Estado, e de outros também, notamos a grande demanda de mão de obra qualificada. Assim, estamos buscando auxiliar a manter a qualidade das instalações que utilizarem nossos produtos”, enfatiza Miki.

Mais destaques dos treinamentos: Conexões, tubulações e brasagem

A fabricante dá destaque ainda ao centro de treinamento de conexão PPM patenteado, que não necessita de fogo para fazer a soldagem das conexões de tubulações em cobre, facilitando e reduzindo o tempo de trabalho, e consequentemente, o custo de mão de obra. 

Segundo a Daikin, o ponto forte deste processo é que o VRV mais compacto poderá receber a união a frio, com os kits já pré-montados, o que irá facilitar e agilizar a instalação dos equipamentos, com qualidade, beneficiando os distribuidores especializados, que só trabalhavam com pequenos equipamentos. 

Genivaldo Rosa, Gerente de treinamento da Daikin Brasil, comenta ainda que “um dos diferenciais é o treinamento de brasagem: reservamos uma área destinada somente para isso, onde ministraremos os fundamentos da solda do cobre e da união a frio (PPM)”.

Duração dos Cursos

Os 160 alunos recebidos por dia serão divididos em turmas de acordo com as estações dos laboratórios. De acordo com a Daikin, a duração dos cursos varia: alguns têm duração de 1 dia, outros de 3 dias, e os de VRV têm duração de 1 semana, incluindo também, a parte de automação do equipamento. 

A fabricante ainda informa que o novo Centro de Treinamento irá fazer parcerias com a Escola Senai Oscar Rodrigues Alves, localizada na capital paulista.

Informações e Inscrições para as capacitações podem ser acessadas no site oficial da Daikin ou no próprio Centro de Treinamento.

Endereço: Rua Achilles Orlando Curtolo, 560 – Barra Funda – São Paulo – SP – 01144-080

E você, o que achou sobre a ideia do Centro de Treinamento da Daikin? Comente abaixo.

Redação do Portal WebArCondicionado. Com informações de Daikin.