hilton-santosPor Hilton Santos*

 

vendedor-segredo-clientes

As oportunidades muitas vezes nos saltam aos olhos, tornam-se salientes, protuberantes e fica fácil identificá-las e aproveitar. Porém elas podem surgir também de forma sutil, sorrateira, quase imperceptível e precisamos estar atentos para saber como usufruir mais longinquamente daquele momento.

Você já parou para observar o marketing e a atenção de um VENDEDOR DE PIRULITOS? Muitos deles se vestem caracterizados com personagens infantis, carregam apitos, martelos de plástico ou imitam uma voz famosa. Outros mais introvertidos apenas caminham com suas tábuas pelo caminho traçado mentalmente ou repetido por anos.

Mas em todos eles uma ação é comum! Basta uma criança apontar, olhar, sorrir ou gesticular que logo eles param, até parece que têm sexto sentido. Ao parar eles muito dificilmente se dirigem aos pais, mas sim à criança, afinal ela é o FOCO DA VENDA, e com o produto na mão fazem uma graça ou simplesmente entregam.

Resultado: muito raramente essa venda não é feita, que pai ou mãe vai se recusar a fazer um mimo tão pequeno para o seu rebento?

Venda não é somente prestar um bom atendimento ao cliente

É isso e muito mais. O processo da venda é algo que começa bem antes do aperto de mãos ou da concordância do cliente. A definição da estratégia é que vai levar ao objetivo final, ou seja, oferecer mais daquilo que o cliente espera de nós e da nossa instituição.

Por vezes perdemos tempo repetindo o que já fizemos antes ou já deveríamos ter feito, causando assim desperdício de tempo e de recursos, emperrando a produção e/ou acumulando um estoque excedente.

Com o avanço da tecnologia e das inovações na fabricação, a imagem do vendedor de pirulito artesanal está desaparecendo das nossas cidades, devido ao custo e a falta de importância de ter um processo de vendas bem definido. Até porque a maioria deles luta por suas subsistências, não permitindo que possam competir com a grande indústria.

É isso que não podemos deixar ocorrer conosco. Independente do tamanho do nosso empreendimento, não devemos jamais nos tornar ultrapassados.

Como você se comunica com os seus possíveis clientes?

Precisamos no nosso dia a dia estar atento para as “crianças” do nosso mercado, pois muitos movimentos em direção a nossa “tábua” podem passar despercebidos e aquela venda que iria salvar o nosso dia ou até o nosso mês pode ser perdida.

Aquele número que chamou e nós não retornamos, aquela pessoa que encontramos no elevador, no estacionamento ou até na fila de supermercado. Não importa se o nosso produto é doce, salgado, leve ou pesado, o que importa é o contato e a boa impressão.

Estejamos atentos e quem sabe seja imitando o vendedor de pirulito que esteja a nossa ascensão.

hilton-santos-profissao

Leia mais publicações de Hilton Santos >>

* Lembramos que esse texto é de autoria do nosso colunista do dia. Respeitamos qualquer tipo de opinião, pensamento ou consideração sobre o assunto abordado. 

Quer ser nosso colunista e ganhar visibilidade no maior portal de climatização do Brasil? Entre em contato com o WebArCondicionado.

Colunista do Portal WebArCondicionado