Redação do Portal WebArCondicionado

Foi publicado na Revista da Asbrav (Associação Sul Brasileira de Refrigeração, Ar Condicionado, Aquecimento e Ventilação) o artigo técnico desenvolvido por Marco Túlio Gama da Silva, em conjunto com David Fernando Pico, Enio Bandarra Filho, Daniel Dall’Onder e Arthur Heleno Antunes, que trata de uma avaliação experimental sobre o desempenho do fluido refrigerante R32 como substituto do R410a em um sistema de refrigeração.

 

Bancada experimental de refrigeração utilizada para a realização da avaliação

O trabalho foi apresentado durante o último Mercofrio e defendido como trabalho de conclusão do curso de Engenharia Mecânica, da Universidade Federal de Uberlândia, no ano passado.

Leia também: Gás Refrigerante R-32: Ar-Condicionado e Aquecimento Global

Objetivo da pesquisa é diminuir o impacto ao meio ambiente

A opção pelo fluido refrigerante R32 é devido ao seu GWP consideravelmente menor, culminando na necessidade de impactar cada vez menos o meio ambiente.

Para a avaliação foi montada uma bancada experimental de refrigeração com capacidade nominal de 5 TR (~15,6 kW), afim de avaliar parâmetros operacionais como: a capacidade de refrigeração, a potência consumida pelo compressor, o coeficiente de desempenho e a temperatura de descarga do compressor.

Confira abaixo os dois artigos na íntegra:

Artigo técnico apresentado no Mercofrio

Trabalho de conclusão de curso na Universidade Federal de Uberlândia

Qual a sua opinião sobre essa substituição? Deixe seu comentário abaixo. Até a próxima!