Com altas temperaturas e o trânsito caótico típicos do Brasil, como o motociclista faz para não esquentar a cabeça? A solução, pelo jeito, é mais simples do que parece e foi dada pela empresa estadunidense Feher: um capacete com ar-condicionado.

Como funciona?

Diferentemente do BluSnap, um dispositivo de refrigeração de que já falamos aqui no WebAr, a empresa Feher desenvolveu um capacete completo que já vem com o ar-condicionado acoplado nele. O aparelho fica posicionado na parte de trás e, segundo a fabricante, não atrapalha nem na visão e nem nas funções de proteção do equipamento.

O ar-condicionado é termoelétrico e suga o ar por ventoinhas e expele o ar-quente interno pela traseira do capacete. O sistema funciona ligado à bateria da própria moto, através de um plugue. Segundo a Feher, a tecnologia é a mesma utilizada para resfriar os bancos de carros de luxo. Veja no vídeo abaixo uma demonstração do produto:

 

Preço e onde comprar

Também diferente do BluSnap, o aparelho não sopra o ar renovado direto no rosto do usuário. O preço de lançamento é de US$ 550, em torno de R$ 2,2 mil. O produto ainda não chegou oficialmente ao Brasil, mas já pode ser importada pelo site da Feher Helmets.

Nomeado de ACH-1, o equipamento promete resfriar qualquer temperatura em até 15ºC, deixando a tarefa de pilotar mais confortável para o motorista das grandes cidades do mundo, especialmente as mais quentes, como é o caso da maioria das grandes metrópoles brasileiras.

Leia também: CoolHead, capacete refrigerado para ciclistas.

Redação do Portal WebArCondicionado.