Atualizado em 17/11/2020

Redação WebArcondicionado

O home office veio para ficar. E adaptar a casa para pessoas que trabalham no mesmo espaço, mas em empresas diferentes, é um desafio. Então, como achar a temperatura ideal em um local frequentado por pessoas que estão acostumadas a conviver juntas, mas não a dividirem o escritório durante o expediente?

Uma alternativa para isso é apostar no ar-condicionado de mesa. Há diversos modelos no mercado e a sua principal característica é a capacidade de resfriar uma pequena região de um ambiente, mesmo que a temperatura esteja em torno de 30 graus. Ele utiliza o próprio ar quente do ambiente para gerar o ar frio que sai dele. Não substitui o ar-condicionado convencional, que tem como missão resfriar todo o local, mas funciona muito bem para refrescar aquele espaço onde ele estiver funcionando.

Assim, é possível ajustar o aparelho conforme você quer, sem incomodar sua esposa, marido ou filhos que prefiram o ar menos gelado.

Como funciona ar-condicionado de mesa?

O ar-condicionado de mesa é um aparelho compacto e normalmente é conectado em entradas usb. Possuem micro fibras que resfriam o ar com a ajuda da água, que deve ser colocada em um reservatório. A duração, em média, é de 8 horas seguidas sem a necessidade de reposição.

Na maioria dos modelos, há uma ventoinha na parte de trás dele, que transfere o ar quente do ambiente em ar frio que sai da parte da frente.