Com a pandemia do coronavírus, a preocupação com limpeza e purificação do ar se tornaram ainda mais essenciais

Ar-condicionado em hotéis

Confira quais os cuidados adotados por hotéis na pandemia de coronavírus.

Normalmente os hotéis buscam oferecer o melhor serviço aos hóspedes, mas em tempos de pandemia, o cuidado deve ser ainda maior. Reduzir as chances de propagação de covid-19 cuidando o hall de entrada, os corrimãos, o ambiente de café da manhã e áreas comuns e higienização de elevadores são atividades essenciais.

A climatização e a qualidade do ar nos ambientes, especialmente aqueles com maior concentração de pessoas, também precisam de muita atenção. O ideal é a criação de novos planos de higienização tanto do hotel como do sistema de climatização. A qualidade do ar deve ser uma das prioridades, o que vai refletir na satisfação dos clientes.

ANVISA possui indicações de cuidados para empreendimentos

A qualidade do ar deve ser tratada com cuidado na retomada das operações hoteleiras. A renovação do ar é regulamentada pela NBR 16401-3, que exige a ventilação e circulação do ar, além de propor que seja evitada a concentração de poluentes nocivos à saúde.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) indica que os empreendimentos devem controlar, entre outros tópicos, a concentração de CO2, o nível de gás carbônico e de micropartículas.

O adequado é a renovação de ar, sempre filtrando-o e distribuindo no ambiente com a melhor qualidade possível constantemente. Atenção redobrada ao PMOC é fundamental nesse caso.

Redação WebArCondicionado