Por Yuri Correa,
Redação do Portal WebArCondicionado

O ar-condicionado do carro é formado por um sistema complexo que se liga à elétrica do automóvel e outras de suas partes mecânicas. Quando a climatização do veículo para de funcionar corretamente, as causas podem ser inúmeras. Vamos descobrir algumas delas?

Lembre-se de que, na maioria das vezes, mesmo que você consiga identificar o problema no ar-condicionado do seu carro, ainda assim é necessário levá-lo ao mecânico ou à autoelétrica para que um profissional preparado realize os reparos necessários, ok?

Por que o Ar-Condicionado do carro não está gelando?

  • Filtro entupido
  • Vazamento de gás
  • Lubrificação do compressor
  • Falha elétrica
  • Sobrecarga do sistema

Abaixo vamos falar um pouco sobre cada um desses problemas recorrentes no ar-condicionado do carro.

Filtro de ar entupido

Como qualquer outro aparelho de ar-condicionado, o sistema de climatização automotivo também precisa de filtros de ar para impedir que as impurezas sejam jogadas no ambiente climatizado. Até porque, nos carros, o ar é recolhido diretamente da rua e podem juntar todo o tipo de sujeira.

Quando o filtro está sujo demais ou entupido, o sistema de ar condicionado não consegue fazer a climatização e para de funcionar.

Quando e como limpar os filtros

É recomendado que se faça a limpeza dos filtros a cada 10 mil quilômetros rodados com o veículo. O processo não é difícil: você precisa abrir o capô dianteiro e localizar os filtros, que devem estar bem em cima logo à frente do para-brisa. 

A cor de um filtro em bom estado é branca. Se o seu filtro não estiver assim, você precisa lavá-lo com cuidado, esperar secar e então pode posicionar a peça de volta no seu lugar. Caso não consiga fazer a limpeza, o melhor é comprar outro filtro. 

Agora, nem todo mundo se aventura a fazer essa limpeza sozinho. Tudo bem, leve seu veículo em uma mecânica e peça pela limpeza dos filtros, é uma operação rotineira e de baixo custo.

Vazamento de gás

O ar-condicionado do carro também funciona com fluido refrigerante, que a gente chama de gás. Pode acontecer dessa substância vazar, e aí não tem como o equipamento fazer a climatização.

Como identificar o vazamento

Para identificar um vazamento você pode usar água e sabão. Faça uma pequena mistura com os dois, abra o capô e aplique sobre as tubulações do ar-condicionado, especialmente nas conexões. Se depois de alguns segundos surgirem bolhas de ar, é porque existe ali um vazamento. Se não sentir segurança para fazer o teste sozinho, leve em uma mecânica ou a autoelétrica

O que fazer em caso de vazamento

Se o vazamento for na conexão, tente atarraxar ou rosquear com mais força essa extremidade. Se o vazamento for identificado em outro ponto da tubulação, então é necessário reparo profissional com solda. 

Em ambos os casos, o ideal é fazer a reposição de fluido refrigerante, e isso só um profissional pode fazer. Não esqueça que, sem o fluido ou com menos gás do que o indicado, o ar-condicionado do carro não funciona ou não opera com sua capacidade total.

Lubrificação do compressor

O compressor do ar-condicionado automotivo precisa estar sempre bem lubrificado. Se ele ficar sem lubrificação, ele simplesmente não vai ligar. Até porque iria superaquecer e poderia causar algum acidente grave.

Para evitar esse problema o bom é ligar o ar-condicionado do carro periodicamente para que não aconteça o ressecamento do lubrificante, mantendo o compressor pronto para funcionar corretamente.

Se faltar lubrificação, basta ir ao mecânico para repor o líquido lubrificante.

Falha elétrica

Pode acontecer também uma falha elétrica no ar-condicionado ou na fiação do carro. Esse é um caso mais difícil de identificar, e normalmente só é comprovado com um profissional ou depois de testadas todas as outras opções.

Sobrecarga do sistema

A falha elétrica impede os ventiladores de funcionar. Desse modo, o ar refrigerado ou aquecido fica circulando dentro do ar-condicionado, sobrecarregando o sistema inteiro e causando danos.

Se a suspeita for de falha elétrica, leve seu carro para uma avaliação e evite utilizar o sistema de ar condicionado para não agravar o problema.

Identificando outros problemas

Outros sinais de que seu ar-condicionado automotivo está com algum problema são o vazamento de líquido ou óleo de lubrificação. Todo ar-condicionado forma um pequeno corrimento de água, mas o excesso de água pode sinalizar que o ar refrigerado está sendo retido em algum outro ponto do sistema. 

Verifique sempre se existe formação de poças logo abaixo do banco do motorista, ou se o carro deixa no chão alguma mancha de óleo brilhoso. Todos esses são problemas que precisam ser resolvidos por profissionais capacitados.

Ficou com alguma dúvida ou tem alguma sugestão sobre problemas com o seu ar-condicionado no carro? Deixa aqui nos comentários!