Tá muito quente, não é? O verão brasileiro é dos mais puxados do mundo. De norte a sul não tem como escapar das altas temperaturas e da umidade entre os meses de dezembro e março. Imagina como não seria ótimo poder carregar um ar-condicionado grudado na pele?

Como funciona o adesivo refrescante?

Pois essa é a ideia que foi desenvolvida pela Universidade do Missouri nos Estados Unidos. Os pesquisadores estadunidenses criaram uma espécie de adesivo térmico. Através de substâncias que liberam pequenas doses de radiação, esse adesivo consegue dispersar a temperatura superficial da pele onde está colado.

Dessa maneira, o adesivo não precisa de baterias ou de nenhum tipo de alimentação externa. Infelizmente, é também por esses motivos que ele só funciona no local de aplicação e não no corpo inteiro.

Diversas aplicações

O adesivo pode diminuir até 6°C e, segundo a equipe que o desenvolveu, o protótipo deve começar a ser comercializado daqui a um ou dois anos. Além de seu uso para o conforto térmico do corpo, os pesquisadores afirmam que o adesivo pode ser aplicado para monitorar a pressão sanguínea, a atividade elétrica do coração, dos nervos e até mesmo o nível de hidratação da pele.

O professor Zheng Yan, que encabeça a equipe de desenvolvimento, disse que o adesivo pode ser utilizado também para refletir o calor, pois a mesma radiação que retira o calor da pele, podem também blindá-la contra os raios solares. O professor também afirma que, em breve, a equipe deve testar o material em tecidos para roupas, visando expandir a eficiência do adesivo.

E você, o que achou dessa ideia refrescante? Deixe seu comentário abaixo e se liga aqui no WebArCondicionado para mais novidades sobre essa e muitas outras invenções!